quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Kapol faz doação de produtos de limpeza

A empresa Kapol fará doação de produtos de limpeza para os asilos de Dourado e Ribeirão Bonito. A  iniciativa dessa doação é da representante em Ribeirão Bonito da  Kapol, Renata Mesquita Magalhães, a Salomé. 
Foto: Divulgação

Tempo fecha em Dourado

O céu escureceu às 15h25 desta quarta(17) em Dourado. Ventos fortes sopram no sentido oeste/leste

II Copa Central Internacional

Resultados finais da II Copa Internacional

Categoria Sub-11
 Campeão: E.F. Aliança-Araraquara-SP
 Vice: ADESM-São Carlos-SP
  
Categoria Sub-12
 Campeão: Rosen’Boys-Franca-SP
 Vice: ADESM-São Carlos-SP
  
Categoria Sub-13
 Campeão: ADESM-São Carlos-SP
 Vice: Rosen’Boys-Franca-SP
  
Categoria Sub-14
 Campeão: ADESM-São Carlos-SP
 Vice: Seleção do Paraguai
  
Categoria Sub-15
 Campeão: Camisa 10-Sertãozinho-SP
 Vice: S.C. Olímpico-Araraquara

Categoria Sub-16
 Campeão: Rosen’Boys-Franca-SP
 Vice: Camisa 10-Sertãozinho-SP
  
Categoria Sub-17
 Campeão: S.C. Olímpico-Araraquara
 Vice: Boa Esperança do Sul

Douradenses irão representar o município nos Jogos Regionais do Idoso


A delegação de atletas da 3ª idade de Dourado participa nesta semana, entre os dias 16 e 21 de janeiro, das competições do 22º Jogos Regionais do Idoso (Jori), que serão disputados na cidade de Lençóis Paulista.
Para participar do Jori, a delegação de Dourado conta com o apoio da Prefeitura Municipal e do Departamento de Esportes e Lazer. O município terá representantes nas competições de bocha, com Durvalino Vitor Miguel e Luiz Pirangelo, e natação, estilos 50 metros nado costa e 50 metros nado livre, com Aparecida Donizete Severino. A coordenação é do diretor de Esportes do município, José Antônio de Rosa e do professor André Mota Freitas.

Para José Antônio de Rosa, o Jori é um grande estimulo para a competição de forma saudável.

“Acreditamos e apoiamos a prática de atividades esportivas para o bem estar e a saúde na terceira idade, esses atletas já são vitoriosos, independente do resultado, pois além de tudo, são exemplos a serem seguidos pela sociedade”.

A 22ª edição do Jori que será realizada em Lençóis Paulista, de 16 a 21 de janeiro, contará com a participação de cerca de 61 municípios e mais de 2 mil pessoas, entre atletas e comissões técnicas.

História
Os Jogos do Idoso tiveram início em 1994, com a nomenclatura de “Caras e Coroas”, em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera. O evento foi um sucesso, e a Secretaria de Esporte de São Paulo, organizou outro encontro dos participantes em 1995, mas já com o nome de Jogos Regionais do Idoso (JORI), tendo como objetivo principal proporcionar aos idosos a socialização, integração, e participação em evento, competindo saudavelmente entre si, buscando a superação.

Para a participação nos Jogos, até o ano de 1997 a idade mínima era de 55 anos, mas a partir do ano de 1998 a idade mínima foi elevada para 60 anos. Os jogos passaram a realizar-se em algumas regiões paulistas, evoluíram e tornaram-se classificatórios para JEI - Jogos Estaduais do Idoso, que atualmente alteraram a nomenclatura para JAI - Jogos Abertos do Idoso.

Em 2013 deveria ser a vigésima edição dos jogos; mas depois da entrada do Fundo Social de Solidariedade e seus parceiros na organização, os organizadores em 2001, decidiram retroceder a contagem; e consideraram a contagem do 1º JORI a do ano de 1997.

Toda organização e regulamento do evento “JORI”, é feito em São Paulo, na Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e o Fundo de Solidariedade contribui para o acontecimento do evento juntamente com os municípios sedes. Para a disputa das modalidades é necessário que o participante tenha sessenta anos completos ou a serem completados no ano da realização dos jogos, ou idade superior. O JORI é composto de quatorze modalidades esportivas que são: Atletismo; Bocha; Buraco; Coreografia; Damas; Dança de Salão; Dominó; Malha; Natação; Tênis; Tênis de Mesa; Truco; Voleibol Adaptado e Xadrez.

Vale a pena assistir entrevista com João Blota

Dourado sinaliza claramente que quer ver o município longe das drogas


Dourado longe das Drogas
O prefeito de Dourado Juninho Rogante já deu sinal positivo para o projeto que prevê orientação aos professores, alunos e familiares quanto aos perigos que as drogas trazem. Juninho por várias vezes se pronunciou nas redes sociais em resposta ao Blog do Ronco que seguidas vezes postou matérias com o tema DROGAS.

João Blota já foi acionado e aceitou o desafio. A pedido do Blog, João gravou um vídeo explicando preliminarmente o conteúdo do projeto.

O próximo passo é visitar o João Blota em São Paulo, oportunidade em que o empresário deverá apresentar um workshop detalhado sobre o projeto. A ideia é preparar os professores para replicar palestras e com isso uma maior divulgação sobre os malefícios dos entorpecentes para toda a sociedade. O tripé dito pelo João Blota atinge educadores, alunos e familiares.

Com isso Dourado, como já disse, sai na frente com um projeto diferenciado e já aprovado com sucesso onde foi implantado. O Blog do Ronco irá continuar informando os próximos passos dessa maratona contra as drogas.

Vale ressaltar, que Ribeirão Bonito, até o momento,  não nos deu retorno quanto a adesão ao projeto. Esperamos que o prefeito Chiquinho Campaner, possa se sensibilizar e acompanhar Dourado nessa empreitada.

Uma frase dita por John Lennon, integrante dos Beatles: "As drogas me deram asas para voar, depois me tiraram o céu".

Todos UNIDOS venceremos!!!

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Vamos à Luta, é hora de união....

Sergio Ronco Ronco Meus amigos, é hora de união por uma causa justa. Dourado, Ribeirão Bonito estão padecendo por um mal que cresce assustadoramente. Ninguém deve querer puxar para si um projeto que é da população. Da população que tem o direito de ver a cidade livre das drogas. Se não houver união, não vai funcionar. A sociedade como um todo deve participar, eu acredito piamente que Dourado e Ribeirão Bonito podem afugentar àqueles que querem viver e faturar com a desgraça alheia. Nossos jovens precisam de mais informações. O João Blota é a pessoa certa para isso, podem confiar, pois conheço o João e toda sua família. Seu avô foi um dos meus melhores amigos, o Geraldo Blota, o GB, aquele que ficou conhecido como o repórter do Rei Pelé, quando o Rei fez o milésimo gol no goleiro Andrade do Vasco da Gama. GB foi o primeiro a ouvir o Pelé após o gol em que o Rei falou em favor das criancinhas do Brasil. GB, irmão do Blota Junior, avô do João foi um dos maiores repórteres esportivos do Brasil ao lado do narrador Joseval Peixoto. O João foi homem bastante para sair das armadilhas das drogas depois de 17 anos envolvido com elas. Imaginem meus amigos que o João chegou a ferventar fita magnética porque diziam que dava "barato". Vejam o que as drogas fazem com o ser humano. João chegou a cortar a ponta de um dedo pois imaginava que ali havia uma pedrinha de crack e ele estava sem dinheiro para comprar. É terrível!!! Juarez, precisamos de sua ajuda, bem como a de todos os douradenses de coração ou de nascimento. Vamos à luta!!!

Prefeito de Dourado comunica que está engajado no projeto Educacional das drogas e anuncia em breve a instalação de câmeras de monitoramento na cidade


Juninho Rogante Sergio já está abraçada, compromisso assumido.
Antecipo que logo estaremos abrindo licitação para instalação de câmeras de segurança nas entradas e saídas da Cidade!
Todas Câmeras interligadas com o Copom da Polícia Militar, que juntamente com a atividade Delegada irão garantir a segurança da População de Dourado-SP.

João Blota grava vídeo e se coloca à disposição de Dourado e Ribeirão Bonito

O Empresário João Blota se colocou mais uma vez à disposição para implantar um projeto Educacional e Motivacional com o objetivo de levar informação sobre o problema das drogas. O Prefeito Juninho Rogante aceitou a ajuda e Dourado sai na frente de forma educativa com o objetivo de amenizar o grave problema que atinge a cidade. 

Blota havia conversado com o chefe do Executivo douradense, e agora tudo indica que sairá do papel e a cidade poderá contar com o apoio de quem conhece de perto o problema, pois esteve nesse inferno durante 17 anos. Em um só dia, João chegou a consumir 40 pedras de crack. Hoje, um executivo bem sucedido que fez uma promessa ao deixar o mundo das drogas, o de ajudar àqueles que necessitam de ajuda.

O Blog do Ronco agradece imensamente o amigo João Blota pela ajuda. Se aqueles que acham que o tema está cansando, é porque não tem na família um dependente químico.

Prefeito de Dourado Juninho Rogante se coloca à disposição para iniciar projeto educativo sobre as drogas

O Prefeito de Dourado Juninho Rogante abraçou a ideia de um projeto educativo para orientar educadores, jovens, familiares e todo seguimento da sociedade sobre os malefícios que  as drogas trazem. Em resposta no facebook, Juninho se colocou à disposição mais uma vez de colocar em prática ações que poderão ajudar e blinda a cidade contra o mal do século.

Juninho Rogante Sergio Ronco Ronco, pode contar comigo, vamos fazer nossa parte, pelo bem da população de Dourado e Região!


Gerenciar



Sergio Ronco Ronco Valeu Juninho, sabia que poderia contar com o teu apoio. Não esperava outra atitude sua senão essa em favor da população douradense. Já entrei em contato com o João Blota e o mesmo está gravando um vídeo com um depoimento sobre o assunto.Juninho Rogante Sergio tive o prazer de receber o meu amigo e empresário João Blota em meu Gabinete, conversamos sobre diversos assuntos, dentre eles a implantação do projeto de combate às drogas, que será de suma importância para população de Dourado.
Parabéns João Blota, pelo ótimo e importante trabalho que você vem desenvolvendo na região.
Parabéns Dourado pelo início do projeto de combate às drogas.

Confiamos no bom senso do Prefeito Juninho Rogante e do Prefeito Chiquinho Campaner.

Amigos,  tudo que ocorra  no sentido de aprimorar um projeto que possa envolver os jovens com orientação sobre drogas,  sempre será bem vindo. Quando falamos em combater as drogas, nada tem a ver com a ação policial propriamente dita, pois essa é uma tarefa da POLÍCIA. O projeto que o João Blota apresenta, é justamente o EDUCACIONAL e o fato dele, João, ter sido um usuário contumaz das drogas, facilita muito o entendimento. Nesse caso é uma pessoa que esteve no fundo do poço e conseguiu sair. Como? Ele João vai contar como saiu e como ele acha que os dependentes químicos terão que fazer. Como a família deverá agir em situações de desespero.  Outro fato importante, é a preparação que o João faz aos professores para que estes saibam também orientar os jovens. Professores serão os replicadores das palestras após a preparação do empresário João Blota.

Está difícil das autoridades compreenderem que  essa ação é de máxima urgência, pois a cada dia que passa mais jovens estão sendo iludidos e despreparados para rejeitá-las. Dia desses eu conversei com uma mãe desesperada pois ficou sabendo que o filho está envolvido e já é usuário. Veio pedir conselho e eu mais uma vez fiquei sem saber a quem socorrer para ajudar essa mãe e o filho.

O Blog do Ronco apela para o bom senso dos prefeitos, dos vereadores, dos secretários de governo para que abracem essa causa com o objetivo de melhor informar a todos os malefícios que as drogas trazem. Não é uma questão partidária, deste ou daquele político, não há como querer tirar vantagem numa situação gravíssima que os municípios estão passando e aqui quero focar em Dourado e Ribeirão Bonito.

Apelo para o prefeito Juninho Rogante, que é ativo, moço, e que sabe muito bem a importância de um projeto como esse. Apelo para o prefeito Chiquinho Campaner, advogado de profissão e que tem pleno conhecimento da situação em que o município atravessa. Vamos deixar de lado a politica mesquinha, a política pequena que não beneficia ninguém.

Prefeito Juninho, confiamos no seu bom senso. Prefeito Chiquinho, ajude os jovens de Ribeirão Bonito. 

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Dourado poderá sair na frente da comarca no combate às drogas no município.

Dourado 
Acabo de conversar com o Diretor da Saúde de Dourado, Toninho Tavano sobre a necessidade de ajuda externa no combate às drogas na cidade. Tavano ouviu atentamente o projeto que o empresário João Blota poderá colocar em prática em Dourado para amenizar o sério problema. Tavano se comprometeu a pautar o assunto com o prefeito Juninho Rogante, uma vez que o chefe do Executivo já conhece o João Blota e já tem conhecimento detalhado sobre o projeto.


João Blota ao lado de sua mãe, Dagmar, oportunidade que teve em expor o envolvimento com as drogas por mais de 10 anos, em entrevista ao Fantástico da Globo.

Dourado poderá sair na frente da comarca levantando essa bandeira do combate às drogas no município. Sabemos dessa necessidade e já passamos do ponto de tomarmos uma atitude que possa levar os nossos jovens a entender melhor o caminho tortuoso, perigoso e muitas vezes sem volta. Esse trabalho desenvolvido pelo João, é diferente de todos que já tive a oportunidade de conhecer, pois há o engajamento de toda parcela da sociedade no projeto, mesmo porque combater as Drogas é de responsabilidade de todos nós.

Não é difícil imaginar a preocupação e o sofrimento dos familiares com o envolvimento de filhos e parentes num processo que leva o dependente químico a perder a dignidade, o amor,  o respeito e muitas vezes a vida.

Toninho Tavano, Diretor da Saúde de Dourado está disposto a ajudar a cidade a combater o mal do século, as drogas.

Situação preocupante...até quando ficaremos de braços cruzados???

 Um problema que atinge o mundo, as drogas. Para amenizar o problema é preciso ações conjuntas e boa vontade de nossos governantes.
Pinos  descartados na rua em Dourado(Foto desta segunda,15/1/)

Não é preciso procurar muito para reparar que em alguns locais em Dourado, o descarte de "pinos" onde provavelmente continha drogas, está por todo lado. Outro fato é a quantidade de garrafas quebradas jogadas ao chão que são encontradas diariamente. Comentamos que o esporte é um fator importante para tirar os jovens das ruas, mas só isso não basta. O empresário João Blota que já esteve no fundo do poço envolvido com todo tipo de entorpecente e que hoje de forma voluntária se dispõe a proferir palestras, contanto um pouco da sua experiência e dos malefícios que os dos entorpecentes  trazem para os usuários e familiares. João já se colocou à disposição, tanto de Dourado, quanto de Ribeirão Bonito, para conversar com os jovens que as drogas não valem a pena. Vele frisar que o problema é generalizado no país e não só nesta ou noutra cidade. Cada comunidade tem obrigação de se defender desse mal que se alastra de forma preocupante.

Conversando com o João Blota recentemente, o mesmo nos disse que cidades com o tamanho de Dourado e Ribeirão Bonito, são mais fáceis em atuar para a diminuição drástica do comércio de drogas. Para Blota, só existe o consumidor porque existe o traficante e se o traficante perder espaço na cidade com ações programadas e direcionadas, os mesmo acabam deixando o local em busca de localidades menos preparadas no combate às drogas. Em seus planos está a capacitação de professores da região para que haja uma multiplicação de palestras sobre o tema. O prefeito de Dourado Juninho Rogante já mostrou interesse em trazer o Blota para uma palestra, porém não sei o motivo de ainda não ter acontecido.

João(foto ao lado) participou do programa Fantástico da Rede Globo, junto com a mãe Dagmar, no mês de agosto do ano passado, contando um pouco da triste história de um passado de envolvimento com as drogas e como fizeram,  mãe e filho, para superarem esse mal que cresce assustadoramente no país.

Noia - O poder tentador de nossas fraquezas, é o livro contando o envolvimento de João Blota com drogas pesadas. Hoje, empresário bem sucedido, pai de dois filhos, faz questão de passar aos jovens em suas palestras voluntárias, que droga não vale a pena.

Passou da hora de nos socorrermos à ajuda externa, pois se continuarmos de braços cruzados a tendência é cada vez mais assistirmos a cenas chocantes, desagradáveis e preocupantes.

Etanol na pista em São Carlos

Caminhão de etanol tomba próximo à entrada de São Carlos e fecha rodovia Washington Luís (Foto: Fabiana Assis/G1)

Caminhão tomba carregado de Etanol na Washington Luis, ontem, domingo(14) em São Calos. O corpo de Bombeiros adicionou ao Etanol jorrado na rodovia, espuma para neutralizar a ação do combustível.

sábado, 13 de janeiro de 2018

CAMPEÃ: Equipe do Sindicato de São Carlos vence Equipe do Paraguay e levanta troféu de campeã

Por 2x0 a Equipe do Sindicato de São Carlos(ADESM) venceu a forte seleção do Paraguay no Estaáio São Pedro em Dourado, neste sábado(13), levantando a taça de campeã da Copa Central Internacional - Categoria 2004.
 Equipe do Sindicato de São Carlos - ADESM
O Diretor de Esportes de Dourado, Zeca Tonho, entregou a taça de campeão à Equipe ADESM

A magia dos anos 70

Sergio Ronco
A geração de adolescentes que viveu os anos 70 jamais esquecerá a magia de uma época áurea, marcante e apaixonante. Foi uma década polêmica e vibrante, dos grandes movimentos como  Woodstock, quando 400 mil pessoas se reuniram durante três dias ao som de Jimi Hendrix e Janis Joplin.

Na música, as portas estavam abertas para o sucesso de muitos artistas que são lembrados até hoje. Donna Summer, Gloria Gaynor, ABBA, Bee Gees, George McCrae, Michael Jackson. Os Beatles ficaram em atividade até os anos 70.

A era dos festivais encantaram toda uma geração ligada na música. Nem mesmo a chamada Ditadura Militar, atrapalhou os movimentos orquestrados por jovens dos cabelos compridos e das calças de boca larga.

A copa do mundo com a seleção canarinho encantou o mundo levantando uma das taças mais cobiçadas do futebol internacional.

Mesmo sendo programa para os mais abastados, as boates dos anos 70 fizeram tremendo sucesso: La Licorne, Scarabociu, Cave, Vagão, Catedral do Samba, Hippopotamus, Aquárius, Hi-Fi , Mau-Mau e Dobrão. Este último de propriedade de Cassiano Gabus Mendes e do ator Hélio Souto, tido como o galã da televisão.

Aqui cabe um parênteses, Helio Souto morava na rua Albuquerque-Lins, 977, no mesmo edifício que eu morava. Hélio era casado com Maria Helena Morganti, que a conhecera em um dos filmes(Dioguinho) que foi rodado em uma propriedade da família Morganti.

Na porta do edifício Umuarama, era comum a presença de fãs à espera do ator bonitão. Certa vez ganhei do Hélio um convite para conhecer o Dobrão que ficava na Alameda Lorena, nos Jardins.

Como o convite era para um determinado dia, não via a hora que chegava o momento de poder conhecer ao vivo e em cores uma boate de sucesso e de muito glamour. Vesti minha melhor roupa, o melhor perfume, o Pinho Silvestre, sai de casa com mais de 1 hora de antecedência. Peguei o ônibus na avenida Angélica, desci na avenida Paulista e marchei até a Alameda Lorena, local do Dobrão. Era uma noite especial em que gravariam ao vivo um long play com as músicas de sucesso da boate. Logo que cheguei encontrei o Helio Souto que me colocou em um lugar privilegiado. Lembro que fiquei até fechar as portas do Dobrão, noite inesquecível e única.

As rádios: Mundial e Excelcior faziam grande sucesso na voz do Big Boy e de Antonio Celso. Passear na Rua Augusta era o charme da época. As vitrines detalhadamente enfeitadas faziam do local uma passarela de gente bonita.

O primeiro shopping, o Iguatemi foi uma inovação dos anos 60/70 que na esteira dele, vieram outros tantos. A lanchonete em frente ao Iguatemi era um ponto de encontro da moçada.

Particularmente, não citar a "Turma Jaguar", maravilhoso grupo, do qual participei, seria um pecado mortal.

Tomar café no Aeroporto de Congonhas e a sopa de cebola no ceasa, eram programas top.

A geração que vivenciou esses grandes momentos jamais esquecerá de um período majestoso, cheio de arte, cultura e realização.

Stheice Moura representa Dourado no Rainha Rodeio Show - São Paulo

A bela jovem Stheice Moura mais uma vez está representando a cidade de Dourado no concurso "Rainha Rodeio Show" - São Paulo. Stheice precisa do seu voto para que possa trazer para a cidade mais um importante título de sua bem sucedida carreira de modelo. Vamos acessar o link abaixo e ajudá-la nessa importante tarefa.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Equipe do Paraguai se classifica para a final deste sábado(13) em Dourado, durante Copa Central Internacional

II Copa Central  Internacional 
A Equipe de Futebol do Paraguai é finalista que disputará a grande final de amanhã, sábado, no Estádio Parque São Pedro em Dourado. A outra equipe será conhecida ainda nesta tarde.
Foto: Ronco