sexta-feira, 15 de junho de 2018

Projeto Fotográfico autoral: A beleza do envelhecimento.

“Ensinar é um exercício da imortalidade.
De alguma forma continuamos a viver
naqueles cujos olhos aprenderam a ver
o mundo pela magia da nossa palavra.
O professor, assim, não morre jamais.”
(Rubem Alves)

A beleza do envelhecimento.
Esta foto faz parte do acervo do meu projeto fotográfico autoral, sem fins lucrativos, a beleza do envelhecimento. A retratada desta semana é a eterna professora, a senhora Reiny Hungari Caron.
Natalia de Freitas Guerreiro Ferreira é     fisioterapeuta e  estudante de fotografia.

Concurso - Polícia Federal

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves 

Foi finalmente publicado, nesta sexta-feira, 15 de junho, o edital do aguardado concurso público da Polícia Federal (PF). Oportunidade é de 500 vagas, sendo  150 para o cargo de delegado, 60 para perito criminal, 80 para escrivão, 30 para papiloscopista e 180 para agente.
As inscrições terão início no próximo dia 19 de junho e o atendimento vai até o dia 2 de julho. Elas poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora do certame, o Cebraspe (www.cespe.unb.br).
Os valores das taxas de participação do concurso da PF são de R$ 180 para os cargos de escrivão, papiloscopista e agente e R$ 250 para perito e delegado.

Recado da Paróquia de Dourado - Convite

O amigo Jorge Luiz Rosalin, encaminhou este comunicado:

Ronco, bom dia. Hoje nós iniciamos a novena de São João, que vai até o dia 23, diariamente, às 19:30 na igreja matriz, Cada dia virá um padre diferente. Você compartilharia este convite no blog, fazendo um favor.

Câmara de Ribeirão Bonito rejeita denúncia contra prefeito e vota pelo arquivamento da CP.

Câmara de Ribeirão Bonito

A câmara de Ribeirão Bonito rejeitou na noite de ontem, a denúncia de irregularidades e fraudes feitas por moradores da cidade, em licitação na contratação de empresa de engenharia civil, realizada pela prefeitura. O relatório da Comissão Processante(CP) que analisou o caso, sugeriu o arquivamento do processo, constatado pelos seus integrantes, a improcedência das denúncias. A CP foi formada pelos vereadores Valdinei Oliveira(DEM)(presidente) Manoelito Gomes da Silva(PTB)(relator) e João Victor(PSB)(membro).

Após a leitura do relatório lida pelo pelo relator, vereador Manoelito Gomes da Silva, foi  autorizada a votação, pelo presidente Dimas Lima.

Apenas 3 vereadores votaram a favor das denúncias e a continuidade do processo: Armando Simões(PTN), Leandro Mascaro(DEM) e o próprio presidente Dimas Tadeu Lima(DEM). Os demais acompanharam o relatório. Além dos três vereadores integrantes da CP, votaram a favor do relatório: Eraldo Chiavoloni(DEM),  Nelson de Souza(PSB) e Regivaldo Rodrigues da Silva(PSDB) .

O Plenário Emidyo Lucato recebeu aproximadamente 40  moradores da cidade, os quais puderam acompanhar os trabalhos legislativo. Dois advogados do prefeito representaram o chefe do Executivo, que também esteve presente à sessão. 

O vereador Leandro Mascaro em outubro de 2017, apontou irregularidades no processo licitatório envolvendo o Executivo e a empresa de engenharia civil, e em ofício, representou a prefeitura de Ribeirão Bonito ao Ministério Público do Estado. Os vereadores Armando Simões e Valdinei de Oliveira acompanharam o documento, assinando solidariamente.

A Procuradoria Geral de Justiça já havia solicitado à câmara o envio da remessa de toda a documentação referente aos trabalhos da Comissão Processante que analisou e sugeriu o arquivamento do processo. 

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Inscrições para faculdade gratuita em Dourado se encerram na próxima terça-feira

Em parceria com a Prefeitura, Univesp irá disponibilizar os cursos de Pedagogia e Engenharia de Produção

O sonho de cursar uma faculdade está mais próximo de acontecer para o douradense. Em parceria com a Prefeitura de Dourado, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) irá oferecer gratuitamente os cursos superiores de Pedagogia e Engenharia de Produção, serão 50 vagas por curso, que serão garantidas por meio de vestibular.

Para se inscrever para o vestibular é só acessar https://www.vunesp.com.br/uvsp1801 as inscrições vão até a próxima terça-feira, dia 19 de junho. Não há limite de idade e o custo da inscrição é de R$ 45,00. Os cursos são totalmente gratuitos. As provas serão realizadas no dia 08/07, às 14h, de forma presencial nas cidades que englobam diversas regiões do Estado de São Paulo.

Os cursos serão realizados em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores.

Em Dourado haverá um polo da Univesp, onde os alunos contarão com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) para realização de atividades como provas e discussões em grupo. No local, também poderão ser solicitados serviços de secretaria acadêmica e o esclarecimento de dúvidas. Por ser uma universidade pública, todas as videoaulas também poderão ser acessadas pelo canal no youtube.
O curso de Pedagogia é licenciatura e tem quatro anos de duração, já a Engenharia de Produção são 5 anos para a conclusão.

A Univesp tem como parceiros o Centro Paula Souza (CPS), USP, Unesp e Unicamp.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Vereador Leandro Mascaro representa a Prefeitura de Ribeirão Bonito e aponta irregularidades em carta convite para contratação de empresa de engenharia. Solidariamente assinam a denúncia, os vereadores Valdinei Oliveira e Armando Simões.


O vereador de Ribeirão Bonito Leandro Donizette Mascaro(DEM), o Galego, na data de 9 de outubro de 2017, denunciou no Ministério Público do Estado, a prefeitura de Ribeirão Bonito, com as assinaturas solidárias dos vereadores Valdinei de Oliveira(DEM) e Armando Luis Lombardo Simões(PTN), irregularidades ocorridas na carta convite nº 004/20017, que prevê a contratação de uma empresa técnica de  engenharia civil para atuar na prefeitura local.

Entre as irregularidades, Galego com a concordância dos outros dois vereadores, Valdinei e Armando, cita que a própria Comissão Permanente de Licitações apresenta vícios em sua formação, haja vista que a composição, segundo o melhor rigor técnico e formal, deveria observar a presença de dois terços(2/3) de funcionários dos quadros efetivos, o que, segundo o vereador ressalta na petição, não teria ocorrido.

Galego segue na denúncia: “Ademais, as próprias Portarias de nomeação daqueles que integram os cargos de confiança(fundamentalmente aqueles que integram a comissão permanente de licitações), se é que existentes, não se fizeram publicar, em flagrante arrepio aos ditames legais”. De acordo com Galego, faltou também publicidade ao certame licitatório.

O parlamentar diz ainda, que no ano de 2014, por meio de edital nº 001/2014, foi aberto concurso público destinado à contratação de engenheiro civil, e que em março de 2016, por meio de do Decreto de nº 2503 o prefeito Chiquinho Campaner(PSDB) teria prorrogado o prazo de validade do concurso público, conferindo mais 2 anos para sua vigência, expirado apenas em 30 de março de 2018. Registra-se que em vários parágrafos da denúncia, o vereador Galego se utiliza da frase “salvo engano”.

Para o parlamentar, o Departamento de Engenharia atual é composto por dois engenheiros devidamente qualificados e preparados para o cargo. Há um adendo nesse parágrafo, onde Galego faz questão de citar que nesse departamento de engenharia, exclui-se o atual Assessor de Planejamento e Obras, que segundo o vereador, não dispõe de título ou formação para encabeçar aludido departamento.

Outro fato que levou o vereador a contrariedade com a tal contratação, é pelo motivo que o município não tem tanta demanda para obras que justificassem novas contratações. E vai mais longe, disse que tudo indica que os valores adotados para pagamento como contrapartida pelos serviços, exacerbem os limites do próprio teto destinado à remuneração dos profissionais engenheiros a que se destinam.

Ao final, Galego pede a atenção da promotora representante do ministério Público da comarca de Ribeirão Bonito o mais absoluto rigor na análise da denúncia, no sentido de proibir ou coibir a formalização do contrato entre a prefeitura e a empresa de engenharia, objeto da carta convite 004/2017.

 Há incoerência do vereador Valdinei Oliveira em ter assinado a denúncia do vereador Galego?
Sabe-se de antemão, que o Presidente da Comissão Processante que apurou possíveis irregularidades na contratação da prefeitura de Ribeirão Bonito de uma empresa de engenharia civil, votou pelo arquivamento da CP(IMPROCEDENCIA), juntamente com dois outros vereadores: Manoelito da Silva Gomes(PTB) e João Victor(PSB), ou seja, requerendo o seu arquivamento.  Na realidade, parece que o assunto é o mesmo, tanto o que tramita na câmara, quanto o objeto da denúncia no MP. A votação da CP em plenário, será realizada amanhã, quinta(14).

O Blog do Ronco entrou em contato com o vereador Valdinei Oliveira, o Tuca, que disse a este jornalista que os fatos são diferentes, uma vez que na denúncia do vereador Galego “estaria” apenas o fato de que a prefeitura não necessitava de mais um engenheiro e que na Comissão Processante, os objetos da denúncia eram irregularidades e fraude em licitação e que os seus integrantes não vislumbraram irregularidades e fraudes na licitação em questão.

Matéria publicada em 5 de novembro de 2015, e até agora a cidade continua sem o Tratamento de Esgoto, e mais, o local está abandonado e equipamentos foram furtados.

 Dinheiro público jogado no esgoto


                        Passados 5 anos, Ribeirão Bonito continua sem tratar seu esgoto
            Placa indica o investimento aportado nas obras da ETE em Ribeirão Bonito

Em  junho de 2010 a empresa que ganhou a licitação para construir as lagoas de decantação na Estação de Tratamento de Esgoto de Ribeirão Bonito(ETE), dentro do programa “Água limpa” do Governo do Estado de São Paulo, iniciou os trabalhos de medição do terreno que foi desapropriado pela Prefeitura na gestão do então prefeito Paulo Gobato Veiga. A área onde abriga a obra, foi regularizada e o valor de desapropriação foi depositado judicialmente.

 Em imagem aérea o registro das lagoas de decantação construídas
A obra, segundo inúmeras declarações de Paulo Veiga, estava programada para ser concluída em 12 meses a partir do mês de abril daquele ano. Depois o prazo foi prorrogado para o término em outubro de 2011. Vale lembrar que o município foi condenado a tratar o seu esgoto desde 1998. Paulo Veiga disse também que se houvesse atraso nas obras seria responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo e não do Município.
Segundo dados da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), a partir da agência de Araraquara, são despejados, diariamente, 1,5 milhão de litros de esgoto nos córregos que cortam Ribeirão Bonito, sendo eles: o Rio Jacaré Guaçu, o Rio Boa Esperança e o Ribeirão Bonito.
A lagoa de decantação foi construída para fazer parte da Estação de Tratamento de Esgoto do Município de Ribeirão Bonito, com o objetivo de tratar 100% do efluente proveniente do esgoto sanitário da cidade. Busca-se com esta estação, a redução na contaminação dos rios e afluentes próximos à cidade e, consequentemente, gerar uma melhoria na saúde da população.
No convênio que celebraram o Estado de São Paulo e o Município de Ribeirão Bonito foi dada a justificativa que a cidade de Ribeirão Bonito tratava parcialmente seus afluentes domésticos, lançando parte deles "in natura" no Ribeirão Bonito, que passa pelo município. A justificativa do anexo I - Plano de Trabalho, do referido convênio não deve estar correta, pois não consta que a prefeitura ou outro órgão tratava o esgoto, nem mesmo parcialmente.
A referida obra foi orçada em  R$ 2,78 milhões. Não se sabe o porque, colocaram a carroça na frente dos burros, pois as obras das lagoas de decantação e a estação de bombeamento ficaram prontas e os emissários não constavam no projeto e nem mesmo a área havia sido desapropriada para essa finalidade. O projeto foi encaminhado ao Palácio dos Bandeirantes posteriormente, e ficou na dependência de verbas adicionais. Segundo informação à época, o município não arcaria com nenhuma despesa nessa segunda fase, cabendo ao Governo do Estado total responsabilidade com 100% dos recursos.
A estação de tratamento do esgoto que compreende 4 tanques de tratamento , onde a matéria orgânica do esgoto  é degradada , a água será tratada é devolvida ao rio com aproximadamente 90% de pureza. As lagoas de tratamento estão situadas a 3 km da cidade , na estrada municipal RBB149.
                                     Lona de PEAD, própria para a retenção de esgoto

A estação de bombeamento do esgoto, no caso de Ribeirão  Bonito, é necessária uma vez que os tanques de tratamento estão situados em um nível acima da captação do esgoto.


   Após 5 anos, as obras continuam paralisadas e o pior, em estado de deterioração
 Placa do Governo do Estado de São Paulo anunciando a obra e o valor do investimento

Os anos se passaram e o que foi construído já sofre com  os prejuízos de uma obra parada , sem conclusão.. Vândalos agiram no local depredando e furtando parte do material ali instalado.   Para a impermeabilização das quatro lagoas de decantação foram  utilizadas lonas de PEAD  lisa e de cor azul, para evitar a infiltração do efluente parcialmente tratado no solo, o que poderia gerar contaminação tanto do próprio solo como de rios e afluentes próximos.
                               O mato tomou conta no entorno das lagoas de decantação

Dinheiro público foi jogado no esgoto, literalmente. Muito do que foi construído  precisa ser reparado e para funcionar a estação de tratamento e de bombeamento, o governo estadual ou municipal vai precisar gastar de novo, dinheiro que já foi investido e desperdiçado. A pergunta que se faz é a seguinte, de quem é a responsabilidade do mau uso do dinheiro público? Quem irá arcar com os prejuízos causados?
A água das chuvas estão represadas e o perigo da proliferação do mosquito da dengue

As instalações do jeito que se encontram, com equipamentos e materiais valiosos e sensíveis  precisam de manutenção preventiva para não se deteriorarem  e de vigilância 24 horas para evitar incidentes de vandalismo e depredação. De quem é esta responsabilidade?
A AMARRIBO já vem fazendo há muito tempo gestões junto ao DAAE, e junto à Prefeitura de Ribeirão Bonito para que esses órgãos tomem providencias para colocar o tratamento de esgoto para funcionar na cidade. Outras cidades vizinhas já inauguraram os seus sistemas, e em Ribeirão Bonito o assunto ainda está longe de ser resolvido.
Não há segurança no local, a depredação é visível. Em uma das portas com sinal de arrombamento

 Esse é um assunto que interessa a toda população, pois parte importante do território municipal é contaminado pelo despejo de esgoto in natura. A cidade precisa se mobilizar para forçar as autoridades a resolverem esse assunto o mais breve possível. 
Fotos:Ronco

José Magnoli, ou Hélio Ribeiro o radialista que deixou uma legião de fãs por todo o país

  O homem do rádio nos deixou há 14 anos.

 O rádio sem ele...Hélio Ribeiro

Modulando 840 quilorertz, falando aqui pelos lados dos chapadões do Morumbi - Bandeirantes cada dia melhor que antes....

Essa era uma das frases ditas pelo radialista e jornalista Hélio Ribeiro que apresentava todas as tardes  na Rádio Bandeirantes, o sucesso do seu programa "O Poder da Mensagem". Lider em audiência absoluta onde quer que o programa fosse ao ar.

As mensagens, os textos, as crônicas, a seleção de músicas, as entrevistas, o espaço para o jornalismo e, é claro: as traduções, sua marca registrada.

A intimidade que Hélio tinha com o microfone e a capacidade de improviso, eram para poucos.  Entrevistas memoráveis; Julio Iglésias, Charles Aznavour, Demis Roussos e tantos outros internacionais. Os nacionais? Todos!

A voz marcante, o raciocínio rápido, o temperamento forte como também era forte o seu profissionalismo.

Quantas frases "boladas" pelo Hélio que marcaram época; " Bandeirantes cada dia melhor que antes" "Identificação": nesse momento entrava a voz não menos marcante de Antonio Pimentel de Carvalho(aqui abro parênteses para criticar o esquecimento desse grande locutor por parte da mídia em geral. Pimentel não é citado nunca")

Voltando às frases: "Bandeira de um, bandeira de todos, BANDEIRANTES uma emissora do Brasil"

Hélio foi quem apelidou o radialista  Franz Neto de Abelhudo Bandeirantes. Franz foi o pioneiro a transmitir o transito na cidade através do helicóptero vermelho de prefixo PTHDG, pilotado pelo Comandante Roberto Mankel.

Hélio acumulava a função de radialista e apresentador com a de Diretor Artístico da emissora dos Saad.

Hélio lançou grandes nomes no rádio do país. Deu oportunidade para iniciantes que hoje são consagrados. 

Quando se fala em Hélio Ribeiro e no seu famoso "Poder da Mensagem" é importante não esquecer de mencionar o nome de Pedro Tadeu Vilela(foto ao lado), o seu imediato. Com muita honra fiz parte da equipe do saudoso Hélio Ribeiro.  
O rádio sem Hélio Ribeiro, não é o mesmo.... 
Ronco

E o que dizer desta equipe de esportes, hein???

Agachados: Haroldo Fernandes, Geraldo Blota e Lucas Neto

Repeteco: Douradenses mantém "viva" Capela de Santa Luzia em estrada municipal da cidade

 Douradenses reformam Capela de Santa Luzia
 Capela de Santa Luzia na estrada municipal de Dourado 

Poucos sabem a história da Capela de Santa Luzia que foi construída em uma estrada vicinal de Dourado. O fato se deu  há mais de 100 anos segundo relato de Pedro Ferrari, o antigo proprietário do local, onde sua família cedeu o lugar para essa obra.

Luiza Gallhote Ferrari, matriarca da família Ferrari foi acometida de uma grave doença nos olhos. Diante de tamanho problema fez uma promessa para Santa Luzia, protetora dos olhos. Não demorou para que Luiza Gallote conseguisse, o que para ela teria sido um milagre, a cura total da visão.

A promessa foi cumprida a risca e a Capela foi erguida à época,  com muita festa em louvor à Santa que lhe trouxe de volta o privilégio de voltar a enxergar as belezas da vida.

Há aproximadamente 6 anos, vândalos atacaram a capela levando a imagem original daquele local. Imediatamente uma nova imagem foi encomendada e colocada pela própria família Ferrari para que os devotos de Santa Luzia pudessem realizar suas preces e solicitar sua benção.

A propriedade que era da família Ferrari foi vendida para outros dois novos donos, que mantiveram a capela no lugar de sempre. Recentemente um grupo da cidade reformou a capela, dando nova vida ao local que muitos dizem ser sagrado. A comunidade douradense participou com doações para que novamente o santuário fosse conservado e visitado.

SANTA LUZIA
O nome de Santa Luzia deriva do latim e significa: Portadora da luz. Ela é invocada pelos fiéis como a protetora dos olhos, que são a “janela da alma”, canal de luz.


Ela nasceu em Siracusa (Itália) no fim do śeculo III. Conta-se que pertencia a uma família italiana e rica, que lhe deu ótima formação cristã, a ponto de ter feito um voto de viver a virgindade perpétua. Com a morte do pai, Luzia soube que sua mãe, chamada Eutícia, a queria casada com um jovem de distinta família, porém, pagão.

Santa Luzia vendeu tudo, deu aos pobres, e logo foi acusada pelo jovem que a queria como esposa. Não querendo oferecer sacrifício aos falsos deuses nem quebrar o seu santo voto, ela teve que enfrentar as autoridades perseguidoras. Quis o prefeito da cidade, Pascásio, levar à desonra a virgem cristã, mas não houve força humana que a pudesse arrastar. Firme como um monte de granito, várias juntas de bois não foram capazes de a levar (Santa Luzia é muitas vezes representada com os sobreditos bois). As chamas do fogo também se mostravam impotentes diante dela, até que por fim a espada acabou com vida tão preciosa. A decapitação de Santa Luzia se deu no ano de 303.

Conta-se que antes de sua morte teriam arrancado os seus olhos, fato ou não, Santa Luzia é reconhecida pela vida que levou Jesus – Luz do Mundo – até as últimas consequências, pois assim testemunhou diante dos acusadores: “Adoro a um só Deus verdadeiro, e a Ele prometi amor e fidelidade”.

Copa do Mundo - Você sabia???

Você sabia que a taça Jules Rimet foi roubada 4 meses antes da Copa de 1966, na Inglaterra, e que cãozinho Pickles estava passeando com o seu dono por Londres quando farejou o troféu em um lixo e salvou o troféu?
Cachorrinho Pickles achou a Jules Rimet e salvou a Copa do Mundo 
Foto Reprodução

Venha torcer com a Seleção no Santa Eliza Eco Resort no próximo domingo: Brasil x Suiça. Uma rodada de cerveja grátis, a cada gol da seleção.


Prefeito de Monte Mor tem mais de R$ 9 milhões de bens bloqueados a pedido de Promotoria

Ele deixou de repassar valores a instituto de previdência

Em ação civil pública por improbidade administrativa ajuizada no dia 17 de maio, o promotor de Justiça Luís Felipe Delamain Buratto obteve liminar por indisponibilidade de bens do atual prefeito de Monte Mor, Tiago Giatti Assis. O chefe do Executivo está em seu segundo mandato. O limite da indisponibilidade corresponde ao total do dano estimado, apurado em pouco mais de R$ 9 milhões até maio de 2018.

De acordo com as investigações conduzidas pelo promotor em inquérito civil, o prefeito não repassou prestações devidas ao Instituto de Previdência Municipal de Monte Mor (Ipremor), o que causou prejuízo tanto ao instituto, que deixou de receber as contribuições que lhe eram devidas, como também ao município, que está arcando com as decorrentes faltas de repasse das prestações devidas, tais como multa, juros e correção monetária, em função de parcelamentos realizados.


Por meio de lei municipal de 2001, foi criado o Regime Próprio de Previdência Social do Município de Monte Mor (RPPS), bem como o Ipremor, autarquia municipal, com personalidade jurídica de direito público e autonomia econômica, financeira e administrativa. O regime de previdência tem como finalidade assegurar aos servidores municipais titulares de cargos efetivos e seus dependentes, os meios de subsistência em casos de invalidez, idade avançada, reclusão e morte. 

De acordo com  a decisão judicial do dia 25 de maio, os bens de Assis estão indisponíveis para garantir o ressarcimento dos danos ao patrimônio público. Segundo as investigações da Promotoria, o réu, enquanto prefeito, não realizou, assim como não vem realizando durante sua gestão, o recolhimento do que a municipalidade devia ao Ipremor, nem repassou integralmente as contribuições que descontara dos funcionários, conduta que viola os princípios da legalidade e da moralidade.
Fonte: MPSP

terça-feira, 12 de junho de 2018

Ainda sobre equipe esportiva....


Projeto Fotográfico autoral: A beleza do envelhecimento.


Dona Severina e Seu Pedro

 “As pessoas não se precisam, elas se completam...
Não por serem metades, mas por serem inteiras,
Dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.”
(Mário Quintana)

A beleza do envelhecimento.
Esta foto faz parte do acervo do meu projeto fotográfico autoral, sem fins lucrativos, a beleza do envelhecimento.
Já que esta semana é a semana dos namorados, trago esta imagem onde retrato um casal, Dona Severina e Seu Pedro. Um casal muito conhecido e querido de nossa cidade, que sempre trabalharam juntos, podendo ser encontrados na Praça Central, vendendo delícias como pipocas e cocadas. Que bênção é esta de encontrar um amor e ter a oportunidade de envelhecer ao seu lado e ao longo dos anos poder se completar.

Natalia de Freitas Guerreiro Ferreira 
(Fisioterapeuta e  estudante de fotografia.)

Os grandes narradores esportivos do rádio brasileiro

O rádio esportivo e suas estrelas

  O que seria do rádio sem os famosos locutores esportivos???

José Silvério
Dono de uma voz inconfundível e de uma precisão incomparável, é considerado por muitos o mais técnico de todos os locutores esportivos de rádio da história. Começou a carreira narrando até treinos do Fabril, pela Rádio Cultura de Lavras (cujo diretor descobriu-o quando Silvério narrava uma partida de botão), e sua primeira partida foi em julho de 1963, entre Olímpica de Lavras e Bragantino. De lá, foi para as rádios Itatiaia e Inconfidência, de Belo HorizonteContinental, do Rio de Janeiro e a Rádio Tupi, de São Paulo, como correspondente no Rio.                                                                 José Silvério

Joseval Peixoto
Joseval Peixoto um dos melhores locutores esportivos do rádio brasileiro. Trabalhou na Jovem Pan e Rádio Bandeirantes. Foi na Pan que ao lado de Geraldo Blota narrou o milésimo gol do rei Pelé. GB foi o primeiro a entrevistar Pelé dentro do gol do goleiro Andrade do Vasco da Gama.                             Geraldo Blota, Joseval Peixoto e Pedro Luiz Ronco
Fiori Gigliotti
Em sua longa carreira, Fiori Gigliotti narrou partidas de dez Copas do Mundo de futebol, mas sempre dizia que o maior jogo a qual assistiu foi o disputado entre Santos e Benfica, na final da Copa Intercontinetal de 1962. 

Celebrizou frases como "Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo", "E o tempo passa…" (quando uma equipe precisava fazer um gol), "Agüenta coração!", "Crepúsculo de jogo" e "Torcida brasileira".                                                               Fiori Gigliotti

 Pedro Luiz Paoliello
Pedro Luiz Paoliello, o primeiro lord da mídia esportiva eletrônica de rádio e TV e considerado o mais perfeito narrador de futebol pelo rádio de todos os tempos, morreu em São Paulo (SP) no dia 12 de julho de 1998, uma hora depois da vergonhosa derrota do Brasil para a França na final da Copa do Mundo daquele ano.                                                              Pedro Luiz Pauliello
Darcy  Reis
Darcy Reis, um dos mais corretos e competentes locutores esportivos do rádio brasileiro, morreu em Jacareí (SP) no dia 29 de abril de 1989, vítima de câncer. Darcy, que chefiou o "Scratch do Rádio" da Bandeirantes-AM por anos e anos, era casado com dona Margarida Reis e não deixou filhos. Gentleman, Darcy Reis narrou futebol em quase todas as principais emissoras de rádio de São Paulo, cobriu copas do mundo e conheceu quase todo o planeta. Que descanse em paz!(Milton Neves)
Darcy Reis
Edson Leite
Edson LeiteEdson Leite, o Edson Pereira Leite, fantástico narrador esportivo do Scratch do Rádio da Bandeirantes de São Paulo, durante os anos 50 e 60.                                                                         Edson Leite Transmissão da copa do mundo de 1958, em frente à redação e oficinas do jornal Ultima Hora, o povo ouvia a Radio Bandeirantes que tinha o apoio do jornal. O placar colocado na fachada do prédio marcava Brasil 2 x 1 Suécia. O Brasil acabava de marcar o segundo gol, o povo vibrava e o menino estava colocando o numero dois, no placar Radio Bandeirantes - Jornal Ultima hora.Saiba + sobre a História da Locução Esportiva AQUI