segunda-feira, 17 de maio de 2021

Nota de Falecimento: José Eduardo Martins

É com pesar que anunciamos o falecimento de JOSÉ EDUARDO MARTINS, em Dourado. deixa esposa:  Virginia, dois filhos: Juliana e José Eduardo Junior e três netos. 

José Eduado foi durante muitos anos gerente do Banco Econômico. Cidadão que muito ajudou no desenvolvimento da cidade.

O Blog do Ronco envia os votos de pesar à família enlutada.

Claudia Alves levanta taça de 1º lugar em campeonato de Fisiculturismo

    Claudia Alves campeã, faz questão de mostrar a bandeira de Dourado

O campeonato de fisiculturismo realizado pela Musclecontest, no Clube da Concórdia, em Campinas/SP, do último dia 15 de maio teve como campeã a atleta representante de Dourado, Claudia Alves de 36 anos.


O disputado 1º lugar contou com a participação de 180 atletas, sendo que na categoria woman Physique Claudinha mais uma vez levantou a taça  orgulhosa de poder representar sua cidade com o apoio da prefeitura. Essa vitória veio coroar a atleta que já é bi-campeã da categoria.

Em 2019, Claudia participou de outro campeonato em Santo Amaro ficando com o 2º lugar.

Ficha  Técnica da Atleta: Claudia Alves(Cidadã douradense) – Profissão: Personal Treiner, Coach de Crossfit, atleta de fisiculturismo, consultora de treino on-line

Fotos: Divulgação

domingo, 16 de maio de 2021

Morre Bruno Covas

 Quadro clínico era irreversível....

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu às 8h20 deste domingo (16) aos 41 anos, em São Paulo, informou a prefeitura, em nota. Desde 2019, ele lutava contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado. Deixa o filho Tomás, de 15 anos.

sábado, 15 de maio de 2021

Drogaria Total inaugurada neste sábado em Dourado

Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.(Roberto Shinyashiki)

Sempre que um novo empreendimento é inaugurado é motivo de orgulho e de prosperidade. Em tempos difíceis como o que estamos passando em função da pandemia, o fato de acreditar em dias melhores e num futuro promissor,  é a realização de quem aposta no sucesso.

É dessa forma que a farmacêutica Marcela Brunelli Lucas, investe em Dourado com a inauguração de sua bela farmácia, a Drogaria Total,  no centro da cidade. Fui convidado para a inauguração e confesso que fui surpreendido positivamente com o ambiente muito bem decorado, atraente, detalhadamente projetado com gôndolas iluminadas e bem distribuídas. Uma ampla sala de serviços farmacêuticos e um escritório, fazem parte do conjunto. Um andar superior servirá de apoio para estoque e reuniões de trabalho.

Dourado ganha com essa inauguração, pois a presteza e a competência da Marcela é conhecida por todos. Os colaboradores da Drogaria Total foram muito bem selecionados para que o cliente possa ter o melhor atendimento, pois a missão principal é o de prover a atenção farmacêutica, com o propósito de conseguir resultados positivos na qualidade de vida e da saúde dos pacientes.

                     Dia de festa com a inauguração da Drogaria Total

O sucesso em qualquer empreendimento é consequencia de quem acredita no que faz, sempre executando com amor e carinho, e esse figurino cabe perfeitamente à Marcela. Os sonhos se realizam levando idéias para a vida real. 

O Blog do Ronco parabeniza o casal Willian e Marcela por acreditar em Dourado e ter como meta cuidar de sua população.

A Drogaria Total fica na rua Dr. Francisco Borja Cardoso, 520. Telefones: (16) 3345 1055 - (16) 98141 9830.

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Obrigado Google

 O Blog do Ronco agradece o apoio do Google pela presteza e rapidez do atendimento, uma vez que nosso BLOG ficou fora do ar com aviso de Não Seguro por alguns minutos. Imediatamente foi sanado o problema, visto que durante mais de 10 anos atendemos fielmente as regras impostas pelo BLOGSPOT e confirmada pelos técnicos. Temos a impressão de que houve tentativa de invasão, porém rapidamente solucionado.

Essa situação não pode continuar!!!

O Blog do Ronco está recebendo inúmeras reclamações de aglomeração em Dourado em vários pontos da cidade. Ou o Decreto da prefeitura editado no dia 8 passado tem valor legal e passa a multar essa minoria que insite em colocar a vida de terceiros em risco com aglomerações, sem o uso de máscara etc, ou então a cidade vai padecer vendo crescer dia-a-dia o número de infectados. Não é possível que essa minora irresponsavél e desafiadora, continue impune, sem o devido castigo. Apelamos para o prefeito Gino Torrezan que assuma de vez o comando dessa situação com energia e que coloque nas ruas fiscais que possam coibir esse abuso perigoso e muitas vezes letal. Com relação às denúncia por telefone onde o cidadão tem que fornecer documentos, nome etc...sabemos que fica difícil, pois há o receio de represália, ofensas etc. Basta que os fiscais circulem pela cidade, pois se o cidadão está vendo essa aglomeração, os fiscais também verão. Ainda para piorar, o Butantan paralisou o envase de vacinas. Tem que existir o mínimo de RESPONSABILIDADE, pois se trata de vidas humanas. Está na hora de mostrar a força da LEI, ou iremos chorar os mortos!!!

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Circular sem máscara em Dourado poderá ter que desembolsar 25 UFESPs, diz o decreto editado pela prefeitura de Dourado

O Blog do Ronco entrou em contato com prefeito de Dourado Gino Torrezan para saber quais as medidas que estão sendo tomadas para barrar o aumento dos infectados pela Covid 19 no município. Sabe-se que em um curto espaço de tempo, passou de apenas uma pessoa com sorologia positiva para 39(dados de ontem 13/5). Casos suspeitos são 44.

Gino comentou que a prefeitura baixou um novo decreto na última sexta(8), onde uma série de medidas já estão sendo implementadas. Uma delas diz respeito ao uso de máscara pela população em geral. Caso o cidadão não esteja usando a máscara poderá ser abordado e dependendo da situação, multado pelo valor de 25 UFESPs, cerca de R$ 727,00. A intenção primeira será a de orientar.

A entrada de ambulantes também está sendo proibida. Ontem alguns ambulantes circularam pela cidade mas já foram avisados da proibição e que da próxima vez serão multados.

A contratação de três novos fiscais já está em processo legal, o que ajudará na fiscalização mais acirrada no cumprimento do decreto.

"Estamos preocupados com os índices de infectados, motivo pelo qual tomamos medidas mais ostensivas com o objetivo de brecar o avanço do vírus no município", disse Torrezan

terça-feira, 11 de maio de 2021

Vídeo que circula nas redes sociais questiona licitação de obra do Salmer, em Dourado. Mostrando tranquilidade com o assunto, o prefeito Gino Torrezan disse que apresentará todos os documentos em sessão de câmara do Legislativo

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um cidadão que presume-se estar dentro da área interna do Salmer narrando a reforma que está sendo executada. As imagens mostram as áreas interna e externa da entidade.

Em determinado momento da gravação, o "narrador" pergunta a um trabalhador se ele é de Boa Esperança, se a empresa é de Boa Esperança(Boa Esperança do Sul/SP). O trabalhador quis saber para quem era o vídeo, o que é respondido que se tratava de vídeo para a prefeitura: "É uma filmagem para a prefeitura", disse.

O narrador do vídeo continua: "A nossa cidade hoje possui 30 empresas na área da construção civil e aí está sendo executado uma obra de exatamente  R$ 12.500,00 doze mil e quinhentos reais pra cima. Isso daí vai ter que ser mostrado vai ter auditoria na câmara já foi pedido para três vereadores inclusive  para a presidente da câmara Claudia Batista esperando uma resposta, correto?

Nesse momento a pessoa que está narrando na filmagem, fala e mostra um documento de orçamento no valor de R$ 8.500,00 e que segundo ele, é uma empresa de Dourado e que não teria ganho a licitação e questiona a diferença entre o tal documento(orçamento) e o valor que está sendo realizado o serviço.

"Esse é o serviço que o Gino está demonstrando para Dourado, entendeu", acrescentou o responsável pelo vídeo

No vídeo não aparece nenhum carimbo da prefeitura de Dourado mostrando que o orçamento de R$ 8.500,00 foi protocolado. Ao final do vídeo o cidadão refaz o númerao de empresas do setor da construção na cidade de Dourado passando de trinta para mais de oitenta.

O Blog do Ronco entrou em contato com o prefeito Gino Torrezan que respondeu que o fórum adequado para as explicações é a câmara de vereadores, uma vez que o assunto já estaria nas mãos da presidente Claudia Batista. Ainda de acordo com o chefe do Executivo, todos os documentos pertinentes a essa licitação serão apresentados aos vereadores. Aparentando tranquilidade com todo o trâmite licitatório, Gino se colocou à disposição dos vereadores para qualquer esclarecimento que se faça necessário.

O Blog do Ronco entrou em contato com a presidente da câmara Claudia Batista que confirmou que já está na pauta dos trabalhos no legislativo a discussão desse assunto no próximo dia 20 de maio, em sessão ordinária.

Fotos extraídas das imagnes do vídeo em circulação nas redes sociais.

segunda-feira, 10 de maio de 2021

A Fazenda Santa Eliza - (Santa Eliza Eco Resort) - produz Macadâmia de excelente qualidade

A macadâmia é um fruto doce extraído de uma árvore originária da Austrália, pertencente a uma das espécies do género Macadamia são exploradas comercialmente: a Macadamia integrifolia, originária de Queensland, onde cresce em florestas muito úmidas, e a Macadamia tetraphylla, originária da Nova Gales do Sul.

              Plantação de Macadâmia na Fazenda Santa Eliza(Santa Eliza Eco Resort)

O nome da planta foi dado pelo botânico Ferdinand von Mueller, o seu descobridor, em honra a um colega seu, o naturalista e político australiano de origem escocesa John Macadam

 A macadâmia ou noz de macadâmia é um fruto rico em nutrientes como fibras, proteínas, gorduras saudáveis, potássio, fósforo, cálcio e magnésio, e vitaminas do complexo B e vitamina A e E, por exemplo.

Além de ser um fruto saboroso, a noz de macadâmia apresenta vários benefícios para a saúde como combater radicais livres, melhorar o funcionamento do intestino, ajudar na perda de peso e proteger contra o diabetes e doenças do coração.


Embora a macadâmia tenha vários benefícios, é um fruto calórico, que em cada 100 gramas tem 752 calorias, e deve ser consumida com moderação. Por isso, é importante fazer uma dieta balanceada, com a orientação de um nutricionista, para obter os benefícios desejados.

O "Santa Eliza Eco Resort" integrado na área da Fazenda Santa Eliza, produz Macadâmia de excelente qualidade. A colheita tem início no mês de fevereiro e se estende até abril. O início da florada  ocorre na segunda quinzena de junho. A estabilização de produção acontece com 10 anos do plantio, com uma produção em média de 15 a 20kg por pé. Atualmente na Fazenda Santa Eliza temos 2 mil pés em uma área de 7,5ha. No bar "Pouso Forçado" o produto  é apresentado em várias formas: Natual, com chocolate e salgada.

Dourado completará 124 anos no próximo dia 19. As histórias são muitas, bem como o amor pela cidade que é demonstrado por cada cidadão que nela nasceu e pelos seus visitantes

Dourado estará completando 124 anos no próximo dia 19. São tantos os douradenses de nascimento e de coração que poderíamos destacar centenas deles. O Blog do Ronco já reprisou algumas vezes a matéria como um ilustre da cidade que mostra todo o seu carinho por tudo que ocorre no município. Trata-se do senhor Atílio Jacobucci, que mais uma vez prestamos a nossa homenagem. 

Sergio Ronco (vale a pena ver de novo)

Dia 19 de maio(a é aniversário de Dourado que estará completando 120 anos,(atulaizado 124 anos) o Blog do Ronco antecipadamente parabeniza o município. A melhor forma que este espaço encontrou para homenagear a cidade, foi homenageando um de seus filhos, que tanto engradece a cidade e sua gente, falo de  Atílio Jacobucci.


Relojoaria Jacobucci - Fundada em 1918 - Dourado


Este relado é daqueles que nos dá prazer, pois na conversa que tive com Atílio Jacobucci por mais de duas horas, em sua residência e também no local onde trabalhou por muitos anos, me fez viajar no tempo e minha imaginação foi  como se estivesse assistindo a um filme, com direito a enredo dos mais bonitos.

Nicolino Jacobucci e Beatriz Jacobucci(foto à esquerda) tiveram 4 filhos, Bambina que está com 97 anos, Atílio que no mês de junho próximo completará 95 anos, Dirceu que faleceu com 92 anos recentemente e Berenice, também falecida aos 84 anos. Nicolino nasceu em Campobasso, uma província italiana, chegando ao Brasil com 11 anos de idade.

Nossa conversa, como disse, foi com Atílio Jacobucci, nascido em 13 de junho de 1922, que tem dupla cidadania, brasileira e italiana, foi casado com Cezarina Truzzi Jacobucci e desse casamento nasceram 5 filhos: Nicolino, Newton, Carmen Beatriz(falecida), Atílio Jacobucci Júnior e Adriano. E aqui um registro importante, Atílio Jacobucci e quatro dos cinco primeiros filhos, nasceram na residência da Rua Marques Ferreira 55, sob os cuidados da parteira Ascension  Padilha com parto normal.

Em seu segundo casamento com Maria Aparecida Valente Jacobucci, nasceram André Luiz e Elaine Beatriz. A família cresceu e vieram ao mundo, 9 netos e 11 bisnetos. 

Não é difícil explicar o porque me interessei em relatar um pouco das memórias do "Seo" Atílio. Primeiro por ser um cidadão douradense de primeira linha, ama a cidade onde nasceu, criou seus filhos em Dourado, trabalhou desde os 15 anos e hoje, aposentado diz com orgulho " O Rotary Club é minha vida". Realmente, a história do Rotary  Club Internacional de Dourado se confunde com parte da vida do douradense Atílio, que foi o fundador na cidade, da entidade Rotary, que está presente no mundo e é definido como um clube de serviços à comunidade local e mundial sem fins lucrativos, filantrópico e social.
Uma das muitas lembranças de sua trajetória no Rotary Club de Dourado

A história de Atílio junto ao Rotary de Dourado, fundado em 1969, único membro ativo desde sua fundação, está estampada por toda sua residência, com fotos, troféus, medalhas e convites de todas as épocas. Cada lembrança tem uma história e um significado em sua vida. "Cada vez mais eu amo o Rotary, eu vivo o Rotary", disse Atílio, que já presidiu a entidade por cinco oportunidades.

Chequei na hora marcada, pontualmente as 15h00, do dia 17 de maio último, e Atílio(vou me permitir chamá-lo daqui para frente apenas de Atílio, apesar de ficar meio estranho, pois na mente me vem o Senhor, ou "Seo" Atílio).

Atílio Lá estava a minha espera, impecavelmente vestido, como sempre, e na lapela o símbolo maior do Rotary Club. Alguns recortes de jornais e revistas previamente selecionados me aguardavam.

                                                                                     Sobre a cidade de Dourado
Vai ser muito difícil achar outro douradense que possa gostar mais que Atílio, da cidade, quem sabe acharemos outros iguais a ele. As lembranças são tantas, os nomes são vários e como se estivesse revivendo alguns desses momentos, o relato foi fluindo vagarosamente com a voz pausada e baixa e os movimentos com as mãos, eram como se portasse  uma batuta e naquele instante fosse um maestro. De acordo com Atílio, a zona urbana era menor que a rural que abrigava um grande número de trabalhadores nas fazendas, onde no passado o café era o produto agrícola valioso e muito bem explorado na cidade. Atílio lembra com tristeza o dia que a bordo do trem da Estrada de Ferro Douradense, passando por Trabiju, viu uma montanha enorme de café sendo incinerado. O fato ocorreu quando a crise que ocasionou a falência de muitos produtores de café, com isso, a produção entrou em declínio. Depois da época áurea do café, veio o algodão, que durantes muitos anos impulsionou a economia da cidade.

                                                                                  Ourives e Relojoeiro
A profissão de seu pai Nicolino, foi de ourives, a Relojoaria Jabobucci foi fundada em 1918, portanto, no próximo mês estará completando 100 anos de fundação. Nicolino fabricava joias em ouro e as revendia para Dourado e região. Algumas das máquinas para essa fabricação, estão preservadas no próprio prédio, onde tudo teve início. Atílio aprendeu a profissão de ourives em São Paulo e por longos anos foi artesão dessa profissão que mais tarde aliou a outro conhecimento, a de concertar relógios. Nesse mesmo prédio, onde está estampada a data de fundação, Atílio trabalhou por 72 anos, de 1935 a 2007, quando resolveu fechar as portas da relojoaria.
Uma foto histórica: Igreja São João Batista, em construção, sem a cúpula

Ministro da Diocesse de São Carlos
Atílio Jacobucci, foi o primeiro Ministro da Eucaristia da Diocesse de São Carlos, recebendo a missão do Bispo Dom Constantino, no ano de 1971. Até hoje, Atílio é Ministro, que também recebeu a fita azul, por ter sido Congregado Mariano e presidente por um período de 10 anos. Como Ministro, Atílio visitava as fazendas de Dourado aos domingos com a equipe de catequistas, para que as crianças tivessem acesso ao catecismo. 

                          Representante em Dourado do Jornal "O Estado de São Paulo"
Atílio foi agente, representante e distribuidor do Jornal "O Estado de São Paulo" em Dourado, por 60 anos. Jacobucci, recebeu durante todos esses anos das oficinas gráficas do Estadão o jornal mais importante do país, distribuindo aos seus assinantes diariamente. Um belo dia, Atílio foi visitar a redação do Estadão e foi recepcionado por um de seus donos, o qual sugeriu uma pauta de matéria sobre o trabalho do representante de Dourado.

Política de Dourado
Atílio diz que hoje não se interessa mais por política, apesar de todo dia assistir ao Jornal nacional. Perguntado qual foi o prefeito de Dourado que mais havia marcado em sua vida, foi direto e objetivo: Edmar Monteiro, a quem rasgou elogios. "Foi na época do Edmar que a cidade construiu o esgoto, não tínhamos esgoto na cidade", disse Atílio que emendou: "Edmar cuidou da cidade sem se mostrar, sem querer aplausos, administrou o município por gostar de Dourado".

O Comércio de Dourado                                                 
No seu relato sobre o comércio de Dourado, até o tom de sua voz subiu: " Muito ativo, muito bom"! disse Atílio. Lembrou de várias casas comerciais, e ainda pediu para que eu fotografasse um banco que ainda está na Praça da Matriz(foto ao acima), a de uma padaria que na inscrição desse banco está grafado que a Padaria Roma era movida a eletricidade. Atilio contou que não havia energia elétrica nessa época e que o pão era feito a mão, e quando chegou a energia, foi algo novo e muito comemorado. Atílio lembrou com saudades da Alfaiataria e Barbearia Grobba, de propriedade de Antonio Grobba, que também foi congregado mariano, servindo de secretário para Atílio. "Eu vou ao cemitério e me lembro da fisionomia e da vida de cada um deles, com muita saudade", disse Atílio

As facilidades domésticas
Para Atílio Jacobucci, hoje as facilidades domésticas são impressionante. "Não tínhamos geladeira, os fogões eram a lenha, os alimentos tinham que ser conservados em latas de banha, mas não reclamávamos, mesmo porque nem pensávamos que um  dia teríamos tanta facilidade", disse Atílio. " O pão era feito em casa, o sabão era feito em casa, a massa de tomate, quase tudo era feito em casa, a roupa era lavada com a própria força da mãos, não tínhamos máquinas. A vida de hoje nesse aspecto, é muito mais facilitada", disse.

O Grupo Escolar
Atílio estudou no Grupo Escolar de Dourado, e em um momento de emoção me pareceu que  sua voz ficou embargada ao falar dos professores Abrahão e  Godofredo. "Tenho excelentes lembranças dos meus professores, lembro deles com muito carinho", disse.


 A Estrada de Ferro                                                       
"Eu me lembro perfeitamente dessa época. "Eu tenho uma foto do último trem que partiu de Dourado em 30 de julho de 1966. Meu filho Junior estava no estribo da máquina. Na estação estavam dois guardas com espingardas nas costas para garantir a saída do trem, pois havia o receio de que a população pudesse não deixar o trem sair. Tocou a sineta, dois minutos depois, o trem partiu e foi embora. Foi uma tristeza", falou Atílio.
                                Cervejaria Guarany e Guaraná Tupy em Dourado
Cervejaria
O pai de Atílio, o Nicolino herdou uma fábrica de cerveja de seu pai José, instalada em Dourado. Atílio, antes de ingressar na relojoaria, trabalhou de vendedor de cerveja e guaraná da marca Tupy. Atílio tomava o trem em Dourado que passava pela Vila Santa Clara onde havia um armazém, de propriedade de Manoel Sanchez, era o primeiro freguês da linha. O trem esperava o Atílio tirar o pedido com o "Seo" Manoel. "Dava tempo de eu tirar o pedido, tocar a sineta do trem que partia para Trabiju, meus próximos clientes da linha", disse. Mais a frente, a cervejaria parou e continuou apenas com a fabricação do Guaraná Tupy que posteriormente foi vendida para Dionísio Tavano. Atílio lembra que na época chegou um refrigerante no país com o nome de Coca Cola. Dionísio teve a ideia de colocar o nome no guaraná de Bola Cola, mas a ideia não prosperou, segundo Atílio. "Nós comprávamos o selo que lacrava a garrafa do guaraná, na coletoria federal de Dourado. O Sr. Amâncio Cardoso era o coletor e o Alceu Penteado, ajudante do coletor
                                             Os automóveis em Dourado
O Ford de propriedade de Atílio Jacobucci, o único estacionado em frente a relojoaria

O primeiro automóvel comprado por Atílio foi um Ford 1919, que adquiriu do douradense Gervásio Tenca. De acordo com Atílio, que na época não tinha habilitação, o Gervásio se comprometeu a acompanhá-lo em Jau para receber as aulas e instruções legais para dirigir. Só então Atílio teria pago o automóvel. A carta de Atílio é de 1945 e está validada ainda hoje, que vence em 2018.


Mensagem
Perguntado qual a receita para longevidade, Atílio disse "Sem exageros".

Nota do Ronco: Para mim foi um enorme prazer conversar com o "Seo" Atílio, afinal não é sempre que encontramos um cidadão com o seu perfil, com a sua idoneidade, com sua edução e com o seu caráter. Meus respeitos "Seo" Atílio!
Fotos: Ronco

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Atenção Dourado para a importante informação: Vestibular 2021 UNIVESP

 Vestibular 2021 Univesp

Estão abertas as inscrições para o Vestibular 2021 da Univesp! Os interessados têm até o dia 20 de maio para realizarem o cadastro através do link vestibular.univesp.br!

Para cidade de Dourado estão disponíveis 16 vagas, sendo: 8 vagas no eixo de Licenciatura e 8 vagas para o eixo de Computação.

Os exames serão aplicados em junho, sendo o eixo de Licenciatura no dia 13 e o eixo de Computação no dia 20. Ambas as provas começarão às 13h com cinco horas de duração. Será obrigatório de máscara e higienização das mãos com álcool em gel.

Na página do Vestibular no site da Univesp pode ser encontrado o edital com mais detalhes sobre as etapas, regras e protocolos do processo.

Cursos

Quem ingressar no eixo de Licenciatura, cursará um ano de “ciclo básico” para em seguida, escolher entre Letras, Pedagogia ou Matemática.

Os alunos que ingressarem no eixo de Computação, cursarão um ano e meio de “ciclo básico”, para depois, escolher entre Bacharelado em Tecnologia da Informação, Ciência dos Dados e Engenharia de Computação.

A realização dos cursos é por meio do AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), plataforma digital on-line em que os estudantes desenvolvem as atividades acadêmicas, que consiste em assistir as videoaulas, acesso ao material didático, bibliotecas digitais, tirar dúvidas sobre conteúdo das aulas e fazer avaliações.

Sobre a Univesp

Criada em 2012, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) é a quarta universidade pública paulista.

É uma instituição exclusivamente de Educação a Distância (EaD), mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

Entre seus principais parceiros, destacam-se as universidades USP, Unesp, Unicamp e o Centro Paula Souza (CPS). O ingresso é realizado por meio de processo seletivo vestibular.

A Univesp é credenciada no Ministério da Educação (MEC) e os curso são reconhecidos pelo Conselho Estadual de Educação (CEE).

Em Dourado, existe um Polo, com os cursos de Bacharelado em Ciência de Dados, Bacharelado em Tecnologia da Informação, Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Letras - Habilitação em Língua Portuguesa, Licenciatura em Matemática e Pedagogia desde agosto de 2018.

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Banda Doce Veneno em apresentação ao vivo(LIVE) no Santa Eliza Eco Resort - Sábado dia 8

Em tempos de pandemia e de muita preocupação todos nós merecemos relaxar e curtir os bons momentos que a vida nos proporciona. 

Foi pensando exatamente nisso que o Santa Eliza Eco Resort está promovendo uma live ao vivo com os meninos da Banda Doce Veneno que dispensa qualquer apresentação. O local escolhido para as filmagens foi na área aquatica do resort, lugar amplo e aberto. No próximo sábado(8), véspera do Dia das Mães, essa linda homenagem a todas as mães do Brasil. Acompanhe pelos canais nas redes sociais.


Evento:

Live com a Banda Doce Veneno

Local: Santa Eliza Eco Resort

Horário: 18h00

Parceiros: Cerveja Tempo - Café Pepira e Aroma - Camaleão Net

Apoio: Blog do Ronco

terça-feira, 4 de maio de 2021

Covid 19 dispara em Dourado e preocupa autoridades da cidade

Prefeito Gino Torrezan pede atenção da população aos protocolos de prevenção

Veja no gráfico a evolução dos casos de infectados pelo COVID 19, em Dourado

Número de infectados com o Covi19 dispara em Dourado. No dia 20 de abril era apenas 1 caso positivo. No dia 3 de maio, subiu para 11 o número de positivados. Hoje, dia 4 de maio disparou para 18 casos de acometidos pelo vírus. O prefeito de Dourado Gino Torrezan disse ao Blog do Ronco que está preocupado com esse número crescente e pede a máxima atenção da população para que não descuide dos protocolos de prevenção.

"Quem estiver positivado com o Covid 19,  seja responsável e não saia de casa, para não piorar ainda mais o quadro atual que estamos passando. Evitem aglomerações e sigam corretamente as orientações do Ministério da Sáude. Não baixem as guardas! Nós não vencemos o virús! Erram aqueles que acham que o pior já passou", disse Gino Torrezan

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Transplante de pulmão inédito no país devolveu a vida a um empresário, após ter tido o órgão destruído pela Covid-19 com uma fibrose irreversível.

Genro de douradense fez parte da equipe médica que realizou transplante de pulmão inédito no país.

Uma notícia importante chamou a atenção de toda a área médica. O empresário José Hipólito Correia Costa, 61, foi submetido a um transplante de pulmão inédito no país, após ter tido o órgão destruido pelo vírus Covid 19 com uma fibrose irreversível.

O transplante foi feito no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e é o segundo realizado com paciente que teve Covid na instituição. O primeiro doente, porém, não sobreviveu. No mundo, foram documentados cerca de 50 procedimentos desde o início da pandemia.

“Se não tivesse ocorrido o transplante, certamente o paciente já teria morrido”, diz o cirurgião torácico Marcos Samano, coordenador de transplante pulmonar do Einstein e professor da USP.

A cirurgia demorou dez horas e envolveu sete profissionais e a situação inusual de ter um paciente conectado a duas Ecmos simultâneas: aquela à qual ele já estava ligado antes e outra usada durante o transplante. “Para a alegria geral, os dois equipamentos foram desconectados logo após o procedimento”, afirma Samano. 

A particularidade da equipe médica vem através de um dos seus integrantes, trata-se de José Mateus Costa, formado em medicina da Unesp de Botucatú, com residência em anestesia pela USP e que atua no grupo *Takaoka Anestesia. Atualmente empresta o seu talento e sua experiência como instrutor da residência em anestesia do Hospital Albert Einstein.

Mateus Costa(foto) é genro do douradense Dorival Munhoz, casado  com uma de suas filhas, a Tania, que também é médica dermatologista, doutora em dermatologia oncológica.

O Blog do Ronco cumprimenta toda a equipe que realizou esse importante transplante de pulmão no país.

*Takaoka Anestesia é uma empresa que congrega médicos anestesistas para atender pacientes na realização de exames em centros de diagnóstico, centros cirúrgicos e em UTIs, durante 365 dias por ano, 24 horas por dia.

Com informações da Folha Press

domingo, 2 de maio de 2021

Dourado caminha para o aniversário dos seus 124 anos no próximo dia 19 de maio

 Companhia Estrada de Ferro do Dourado.

O fim de um tempo que marcou a história e o progresso da cidade.

Os trens da Cia. Estrada de ferro do Dourado começaram suas atividades em 1900. Aos poucos suas linhas foram aumentadas e modificadas até o ano de 1920. A partir de então elas passaram a ser divididas em quatro trechos (tronco linha de Ibitinga, linha de Bariri, ramal de Itápolis e ramal de Jaú, além do ramal de Dourado).

Em 1932 perfaziam um total de 273 km. Em 1949 o controle passou a ser da Cia. Paulista da Estrada de Ferro, extinta em 1969 pelo governador Laudo Natel que desativou muitos trechos de ferrovias do estado de São Paulo.

Em todas as linhas havia trens mistos, de cargas e passageiros; seus horários eram cumpridos e observados pelas pessoas com muito rigor, uma precisão britânica. O trem não podia ou não devia atrasar; seu apito era referência de tempo e horário para muitos cidadãos.

A ferrovia trouxe muitas histórias de idas e vindas, de chegadas e despedidas, de encontros e desencontros, algumas tragédias e até fugas de grandes amores.
A economia da região dependia e circulava por esse meio de transporte, gerador de emprego e de progresso de cidades. Foi com descaso que as autoridades da época agiram e atuaram no processo de desativação dessas ferrovias. Um verdadeiro desinteresse para com a história e com a estrutura que durante anos foi o orgulho e o ganha pão de muitos funcionários respeitados pela comunidade.

Existia uma grande amizade entre eles e muito respeito e responsabilidade no ambiente de trabalho.

Infelizmente em 1969 tudo isso se acabou e hoje só ficou a história para ser contada, pois em nossa cidade até os prédios da Douradense foram destruídos pela insensibilidade de autoridades municipais que demoliram a antiga estação, o barracão da oficina e tudo que existia na área pertencente à Companhia.

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Dourado caminha para o aniversário dos seus 124 anos no próximo dia 19 de maio

Em meados do século XIX, pequenas choupanas foram surgindo na região e, mais tarde, formaram um povoado denominado Bebedouro. Um dos mais antigos moradores do lugar, capitão José Modesto de Abreu, doou uma gleba de terras situada na Serra dos Dourados, onde o capitão José Sijus ergueu o primeiro rancho.

Uma capela foi construída e a partir de 1880 algumas famílias foram-se fixando ao seu redor, formando a povoação de São João Batista dos Dourados, cujo nome homenageia o Santo padroeiro e identifica a localização do povoado.

Passada uma década, as duas povoações vizinhas, São João dos Dourados e Bebedouro, reivindicavam a elevação à categoria de Distrito de Paz, tendo alcançado melhor êxito, em 1891, a de São João Batista dos Dourados.(Wikipédia)


Lembranças de Dourado

Homenagem a São  Roque na Paróquia São João Batista de Dourado. Data: 1934 - Padre Manoel Theotônio de Macedo Sampaio.

                            Foto de 1934 - Festa de São Roque - Dourado


ORAÇÃO: Ó inefável padroeiro nosso, São Roque, pela ardente caridade com que amastes o próximo nesta terra, chegastes a expor vossa própria vida para assisti-lo nas necessidades e doenças, especialmente nas moléstias contagiosas. Oh! Fazei que estejamos sempre livres dessas terríveis enfermidades e livrai-nos da peste ainda perigosa que é o pecado. Assim seja. Amém!

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Nota de Falecimento: Neide Aparecida Gomes Lucato

Lamentamos profundamente o falecimento de Neide Aparecida Gomes Lucato, aos 58 anos. Casada com Waldir Lucado, carinhosamente conhecido por Badila. O Blog do Ronco envia os cumprimentos de pesar para os familiares.

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Santa Eliza Eco Resort - É hora de relaxar em local tranquilo com todos os procedimentos preventivos que o momento exige

Quem em sã conciência imaginava uma situação como a que estamos passando? Historiadores narram os desastres mundiais e nossa mente dificilmente tenha registrado o tamanho dos problemas vividos por outras gerações. Chegou a nossa vez! A pandemia mudou os costumes, a relação de amizade, de convívio com os parentes e até com os de casa. A higiene também não é a mesma. Muito mais cuidado estamos tendo. Vocês já repararam que resfriado e gripe, são poucos os acometidos? Pois então, deve ter uma ligação direta com a nossa atual higiene e com o uso de máscaras.

Em tempos de restrições, e em aguns pontos até mesmo o lockdown é certo que não tem feito nada bem para a nossa cabeça. Ficamos pensando onde poderemos nos distrair e sair desse círculo vicioso que nos impõem a tv, os jornais etc. Não se fala outra coisa senão o COVID 19. Ele por si já é um desastre, agora ficar martelando o pensamento nele é pior ainda. Quando não é a própria doença que faz mal, é o psicologico que vai para o buraco.

Será que não está na hora de desfocar desse assunto com toda a responsabilidadea que o momento exige? Afinal a vida continua. Lamento profundamente os que nos deixaram, vítimas desse inimigo invisível. Solidarizo-me com os parentes que perderam seus entes queridos e também àqueles que permanecem enfermos.

Se as fotos abaixo do Santa Eliza Eco Resort lhes remete a um local tranquilo, sem aglomeração, com os devidos protocolos exigidos no combate ao vírus e que  estão disponibilizados, garanto a você que ao "vivo" é muito superior a qualquer foto bem elaborada.  Aqui no Santa Eliza se você não quiser fazer suas refeições nos três amplos salões,  poderá fazê-lo ao ar livre sob cobertura de quiosques, ou até mesmo em torno do bar "Pouso Forçado". Nossa área externa com 5 alqueires é toda formada em gramado, árvores frutíferas e árvores de madeira de lei.

   

É um lugar literalmente relaxante, com um figurino próprio para os dias que estamos vivendo. Você merece o que o Santa Eliza lhe proporciona! Peça mais informações à nossa equipe de vendas pelos telefones: (16) 9999 1179 0u 3600.1591.

Santa Eliza Eco Resort - Onde mora a Natureza
Ribeirão Bonito SP - Km 187,5 SP-215
Acesso todo em asfalto