sábado, 16 de fevereiro de 2019

DRAKUS JR, tá na Praça!!!!



Com muita alegria comunicamos que na última sexta(15)  Drakus Jr iniciou suas atividades na Praça da Matriz. Trabalhamos muito para levar até você o sabor, qualidade e bom atendimento que fizeram do Drakus uma marca inesquecível, desde os anos 90 até hoje!.

Estaremos na Praça da Matriz, no cantinho que o Drakus marcou história, esperando você, sua família e os amigos, com mais de 20 tipos de lanches, refrigerantes, cervejas e doces.

Uma nova geração trabalhando muito para trazer até você o sabor que marcou história, misturado com as inovações do nosso tempo.

Uma viagem inesquecível de sabores e memórias esperam por você.

Um novo capítulo na história do Drakus começa a ser escrita hoje,

Drakus Jr

Prefeitura entrega material escolar aos alunos da rede pública municipal

Entre alunos da Creche Escola, Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II serão entregues mais de mil conjuntos
A Prefeitura de Dourado, junto ao Departamento de Educação do município, iniciou a entrega do material escolar aos alunos da rede municipal de ensino. Todos os alunos das escolas municipais serão contemplados, desde a Creche Escola até o Ensino Fundamental II.

Ao todo serão entregues 1.050 kits, divididos em 5 conjuntos de material. O kit de uso individual foi comprado atendendo a necessidade de cada aluno conforme grau de escolaridade, e contém por exemplo, canetas hidrográficas, lápis de cor, além de cadernos, lápis de escrever, borracha, cola, apontador, tesoura e outros produtos.

A distribuição que teve início nesta semana está sendo feita pelos professores, sendo que os alunos maiores recebem o material em sala de aula, e para os alunos menores, a entrega será feita aos pais, onde cada escola organiza um momento de acolhimento para a ação.

Segundo a administração, em breve também serão feitas a distribuição dos jogos de uniformes e do sistema apostilado de ensino, sem ônus alguns para os alunos, seguindo o padrão implantado há alguns anos na rede municipal de ensino da cidade.
Fotos: Divulgação

Projeto Fotográfico autoral: A beleza do envelhecimento.

Eu vejo a vida melhor no futuro
Eu vejo isso por cima de um muro de hipocrisia
Que insiste em nos rodear

Eu vejo a vida mais clara e farta
Repleta de toda satisfação
Que se tem direito
Do firmamento ao chão

Eu quero crer no amor numa boa
Que isto valha pra qualquer pessoa
Que realizar a força que tem uma paixão

Eu vejo um novo começo de era
De gente fina, elegante e sincera
Com habilidade
Pra dizer mais sim do que não, não 

Hoje o tempo voa, amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir

Não há tempo que volte, amor
Vamos viver tudo o que há pra viver
Vamos nos permitir.
(Lulu Santos)

A beleza do envelhecimento.
Esta foto faz parte do acervo do meu projeto fotográfico autoral, sem fins lucrativos, a beleza do envelhecimento. A retratada desta semana é a belíssima Maria Anita Schiavon.
Natalia de Freitas Guerreiro Ferreira é fisioterapeuta e  estudante de fotografia.
 Siga #abelezadoenvelhecimento

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Prefeitura de Ribeirão Bonito é obrigada por Lei maior a oferecer transporte escolar para alunos da rede municipal de ensino.

Sergio Ronco 
O texto da Constituição Federal do Brasil, Lei maior do país, em seu artigo 208 inciso 7º diz claramente que é OBRIGAÇÃO do município oferecer Transporte Escolar a Rede Municipal de Ensino. Não obstante  a isso, a Lei de Diretrizes Básicas de Ecucação vai no mesmo caminho da obrigatoriedade. Portanto, o prefeito de Ribeirão Bonito Francisco José Campaner(PSDB) deveria rever IMEDIATAMENTE a medida tomada com o seu comunicado suspendendo a condução aos alunos.

A atitude do prefeito em interromper o transporte de alunos, em nossa visão, é totalmente equivocada, irregular, arbitrária e acima de tudo, desumana. É preciso saber ainda, se não haverá punição ao chefe do Executivo pela medida descabida tomada por ele. Dessa forma, não será favor algum o senhor prefeito rasgar o comunicado emitido e voltar de  IMEDIATO com o transporte escolar para os alunos. Um bom administrador jamais deixaria a população refém de atos descabidos como esse. Eu disse um bom administrador!

Eu pergunto: será que a Constituição Federal do Brasil não está clara para o prefeito de Ribeirão Bonito?

Art. 208. O dever do Estado com a educação será efetivado mediante a garantia de:
Art. 208. O dever do Estado com a educação será efetivado mediante a garantia de:
VI -  oferta de ensino noturno regular, adequado às condições do educando;
        VII -  atendimento ao educando, em todas as etapas da educação básica, por meio de programas suplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação e assistência à saúde.
   .
Lei de Diretrizes Básicas de Educação, é previsto o transporte Escolar Obrigatório na Rede Municipal de Ensino:
VI - assumir o transporte escolar dos alunos da rede municipal.(Incluído pela Lei nº 10.709, de 31.7.2003).

Boca no Trombone - Moradora de Ribeirão Bonito Reclama

"Bom dia Ronco. Ronco na minha rua tem um buraco, que a prefeitura "arrumou" por umas 3 ou 4 vezes, não  me lembro ao certo. Essa última vez, ao retirar o restante de terra que havia ficado ao terminar o serviço, o trator da prefeitura ao retirar a terra, afundou o trabalho que havia terminado e não  tiveram a consciência de arrumar. Resultado : na primeira chuva o buraco se abriu novamente, causando transtornos aos moradores e principalmente quem utiliza da via, pois a mesma é  de grande movimentação. A rua é  a Januário Batista, bem no final da rua, uma quadra antes do acesso à ponte que dá  acesso ao bairro Malvinas. Lamentável".
Foto: Ronco

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

URGENTE: Ribeirão Bonito deverá perder aproximadamente R$ 250 mil no ano


Ribeirão Bonito perderá aproximadamente R$ 250 mil por ano pela não realização de concurso público para a efetivação de um fiscal tributário.
O Município de Ribeirão Bonito deverá perder uma receita anual de aproximadamente R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) em 2019, com a arrecadação do ITR – Imposto Territorial Rural, pois a prefeitura não cumpriu o acordado em convênio com a UNIÃO, que garantia ao Município o recebimento de 100% (cem porcento) do ITR arrecadado no Município. Dentre as obrigações impostas à Municipalidade, estaria a obrigatoriedade da prefeitura em contratar um fiscal tributário afim de fiscalizar a tributação e comunicar à Secretaria da Receita Federal eventuais descumprimentos por parte dos proprietários, de acordo com a Instrução Normativa 1.640/16 da Receita Federal do Brasil. Mesmo o projeto tendo sido aprovado pela Câmara no início da atual gestão, do prefeito Francisco José Campaner(PSDB) visando a criação do cargo de fiscal de tributos, exigência obrigatória para que o município pudesse receber os 100% da arrecadação desse imposto, não houve a realização de concurso público para a efetivação do fiscal tributário. Dezembro de 2018 foi o mês limite para que a prefeitura pudesse se adequar às normas vigentes. Não o fez, e neste ano de 2019, o município deverá ficar com apenas 50% do valor que será arrecadado.

O ITR é o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural, Tributo Federal previsto no inciso VI, do artigo 153 da Constituição Federal. Sua apuração é anual e tem como fato gerador a propriedade, o domínio útil ou a posse de imóvel rural. Para fins de apuração, considera-se imóvel rural a área contínua, formada de uma ou mais parcelas de terras, localizada na zona rural do município.

Ainda, conforme o artigo 153 da Constituição Federal, especificamente o § 4º, inciso III, o ITR poderá ser fiscalizado e cobrado pelos Municípios que assim optarem. Caso seja realizado o convênio entre o Município e a Receita Federal, o Município conveniado fará jus ao recebimento de 100% dos valores arrecadados com o ITR.

O ITR é repartido da seguinte forma 50% fica no município e 50% vai para a União. Nos casos onde os municípios cumprem as exigências impostas pela Receita Federal, os 100% arrecadados ficam nos cofres da prefeitura. No caso de Ribeirão Bonito, o contrato foi denunciado(cancelado). 

Obs: Esse valor de R$ 250 MIL poderá ser maior.

Santa Clara Eco Resort apoiará seus colaboradores interessados na inscrição da casa própria

A empresa Santa Clara Eco Resort, instalada no município de Dourado e que atualmente emprega cerca de 200 colaboradores, estará oferecendo apoio técnico aos possíveis candidatos interessados na aquisição de casa própria por intermédio de sorteio, através do CDHU, por meio do programa "Minha Casa Minha Vida". As cidades da região que foram contempladas são: Boa Esperança do Sul, Dourado e Trabiju. 

Para tanto, aqueles que desejam se inscrever no programa, deverão entrar em contado com o RH da Santa Clara Eco Resort para obter mais informações.

Justiça extingui processo de afastamento de vereadores e condena ex-presidente Braz Desajacomo ao pagamento de custas processuais e honorários advocatícios

O advogado Fábio Oliva que assiste os quatro vereadores de Dourado, Claudia Batista(PTB), Ricardo Fattore(PEN), Danilo Inocente(PR) e Evandro Carmona((DEM), os quais foram afastados de seus mandatos por determinação do então presidente da câmara Braz Desajacomo(PSDB), no dia 5 de setembro de 2018, ingressou na justiça com ação anulatória desse processo.

No curso do processo, a Câmara reconheceu a irregularidade do afastamento e comunicou o juiz da comarca de Ribeirão Bonito que os quatro parlamentares já haviam assumido seus cargos. Com essa informação, a ação perdeu o objeto. Na sentença o juiz diz: "

“O processo não comporta prosseguimento. Isso porque, o requerido informou que revogou o ato de afastamento dos requerentes em 19/09/2018, o que foi por eles confirmado (págs. 421/423). Assim, é de rigor o reconhecimento da perda de objeto desta lide, com a carência superveniente da ação, nos termos  do artigo 493, do Código de Processo Civil”.

Como quem deu causa à entrada da ação foi o então presidente da câmara Braz Desajacomo, com a atitude e a prerrogativa de presidente do legislativo em afastar os vereadores, a justiça extinguiu o processo, pois não havia razão de existir, pois os parlamentares já haviam voltado aos seus postos. Dessa forma, a justiça determinou que o ex-presidente Braz Desajacomo pague o valor de  R$ 800,00 referentes às custas processuais e dos honorários advocatícios ao advogado de defesa dos quatro parlamentares, Fabio Oliva, como segue ao final da sentença: “Ante o exposto, JULGO EXTINTO o processo, sem resolução do mérito, o que faço com fundamento no artigo 485, inciso VI, do Código de Processo Civil. Diante do princípio  da causalidade, condeno o requerido ao pagamento das custas e despesas processuais e dos honorários advocatícios, que fixo em R$ 800,00 (oitocentos reais), nos termos do artigo 85, § 8º, do Código de Processo Civil”.

OBS 1: A sentença proferida pelo Magistrado da comarca de Ribeirão Bonito está acima,  ao lado direito desta página. A data do documento é de 11 de fevereiro de 2019. Clique nas imagens para melhor resolução.

OBS 2: A Comissão Processante(CP) instaurada na câmara de Dourado que julga os quatro vereadores está suspensa sob efeito de Liminar até que o juiz possa julgar o mérito do processo.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Premier Pet e Grandfood oferecem apoio aos seus colaboradores para se inscreverem em casas populares do CDHU, em Dourado

As empresas Premier Pet e Grandfood com sedes na cidade de Dourado, estarão oferecendo apoio aos seus colaboradores e possíveis candidatos à casa própria, através do CDHU, por meio do Programa Minha "Casa Minha Vida", facilitando a vida daqueles que querem sair da condição de locatários.

As cidades que foram beneficiadas com o programa na região são:  Boa Esperança do Sul, Dourado e Trabiju. Nessas três cidades, as empresas citadas mantém vinculo empregatício com um número considerável de colaboradores. Somente em Dourado, são mais de 400 colaboradores e muitos ainda não possuem casa própria. "Sou candidata a uma casa em Dourado e vejo a atitude da Premier como uma forma facilitadora de participar do sorteio de forma transparente e quem sabe atingir o meu sonho", disse uma funcionária ao Blog do Ronco. O apoio prevê orientação jurídica de advogado especializado e do setor de RH das empresas. A Premier e Gandfood disponibilizarão condução para a devida inscrição dos interessados nos dias marcados. Vejam abaixo o comunicado que circulou na Premier Pet  e Grandfood por meio do canal interno de comunicação em TV e também em folheto próprio das empresas.

APOIO DA PREMIERPET NA INSCRIÇÃO PARA MORADIAS POPULARES NA REGIÃO

Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo – CDHU está abrindo inscrições para interessados no benefício de moradias populares na região, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

As cidades de Trabiju, Boa Esperança, Ribeirão Bonito e Dourado foram beneficiadas pelo programa. As inscrições terão início em Dourado, no dia 22 de fevereiro e em 90 dias devem abrir também em Trabiju.

A PremieRpet vai orientar os Colaboradores sobre como se inscrever, promover palestras com profissional especializado na fábrica e disponibilizar condução para levar os Colaboradores até o local de inscrição, com apoio do RH, de assessoria jurídica e da Caixa Econômica Federal.

Como vai funcionar:
- Todas as unidades habitacionais serão destinadas a famílias com renda familiar bruta de até R$ 1.800,00 (Hum mil e oitocentos reais)/ mês, valor definido pela legislação federal vigente.

- Interessados devem se apresentar pessoalmente no RH DO e falar com Julio Nascimento.

- Prazo: assim que possível, no máximo até o dia 18/02.

- Será formado um grupo de apoio que vai acompanhar os Colaboradores em todas as etapas.

- Por enquanto as inscrições são somente para Dourado. Mas em 90 dias devem ser abertas também em Trabiju e os Colaboradores interessados já podem informar o RH. Todos serão informados previamente.

De onde vem o programa de moradias populares?
Por meio de convênio celebrado entre a CDHU e a CAIXA, o Governo do Estado firmou parceria com o Governo Federal para viabilizar novas moradias no Estado Paulista. Dentro do Programa Minha Casa Minha Vida, os imóveis contratados são de propriedade exclusiva do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) e integram seu patrimônio até que sejam alienados.


É a PremieRpet empenhada na qualidade de vida dos Colaboradores!

Trator furtado em Araraquara é econtrado em situação de abandono na Vila Santa Clara, em Dourado

Um trator de marca John Deere, modelo 6415, de propriedade de uma empresa jurídica, foi furtado de uma propriedade rural da cidade de Araraquara, no dia 31 de janeiro do corrente ano. O referido  trator estava equipado com um pulverizador agrícola, e segundo declaro em boletim de ocorrência na delegacia de Araraquara, o trator possuía dois segredos que estariam ativados.

Hoje, quarta(13), policiais militares de Dourado, após serem acionados pelo COPOM - Centro de Operações da Polícia Militar, se dirigiram ao local informado, na entrada da Vila Santa Clara, município de Dourado, e lá encontraram  em estado de abandono o trator com as referências citadas no B.O. realizado na cidade de Araraquara. Um representante da empresa esteve no local e reconheceu imediatamente o trator como sendo o furtado. Um perito da Polícia Científica foi acionado e teria visualizado uma placa de identificação da empresa reclamante do furto.

O caso foi conduzido pela Polícia Civil aos cuidados do delegado Marco Aurélio Gonçalves Costa e do escrivão de Polícia Silvio Dictoro.

Dourado: Agendamento para as inscrições das casas populares ocorre na próxima semana

Fique atento às datas e horários, e aos documentos e informações exigidas

O agendamento para as inscrições das casas populares serão realizadas na próxima semana, na sexta-feira, dia 22 de fevereiro, das 9h às 17h, na Quadra da Escola Municipal Antônio Monteiro Novo, que fica localizada na Rua 24 de Junho, 145 - Conj. Hab. Modesto de Abreu (Casas Populares). Na oportunidade, o interessado receberá uma relação com todos os documentos necessários para realizar a inscrição que será feita no dia 28 de fevereiro, também na Quadra da Escola. Para facilitar o atendimento no dia do agendamento, o cidadão deverá estar munido de RG, CPF, comprovantes de residência e renda.

Tanto para o agendamento quanto para a inscrição é necessário o comparecimento ao local.
Todo o processo será realizado por técnicos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU). As 100 casas estão sendo construídas a partir de convênio entre o Governo Federal, por intermédio do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), tendo a Caixa Federal como agente financeiro executor, o Governo do Estado de São Paulo, por meio da CDHU, e a Prefeitura de Dourado, que cedeu as áreas para a construção das moradias.

Agendamento
A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) realiza o agendamento pessoal para que já neste primeiro momento seja realizada uma triagem das pessoas que realmente poderão fazer as inscrições e concorrer as casas. É possível outra pessoa fazer o agendamento desde que seja parte da família, como pais e filhos, e que more na mesma residência. Lembrando que é válida apenas uma inscrição por família.

Comprovante
Durante o agendamento, o atendente entregará uma relação com todos os documentos que serão necessários levar no dia da inscrição. Isso varia de acordo com a situação da pessoa, mas o interessado já pode separar um comprovante de moradia ou trabalho dos últimos cinco anos, o que será exigido para todos. Acompanhe abaixo alguns exemplos de documentos que é considerado como prova. É necessário apenas um destes:
- Carteira de trabalho com registros no município atualizada ou;
- Contrato de aluguel com reconhecimento de firma à época da assinatura ou;
- Carteirinha de vacinação do município, atualizada com carimbo do posto e visto do atendente, para filhos até 6 anos ou;
- Atestado escolar para filhos maiores de 7 anos ou;
- Comprovante do CadÚnico de programas sociais ou;
- Declaração do Posto de Saúde atestando o início e a frequência do atendimento do interessado ou;
- Declaração do comandante constatando tempo de lotação do servidor no município (válido para policiais militares e civis).
Informações completas: www.dourado.sp.gov.br

Polícia Militar próximo à Vila Santa Clara, em Dourado apura ocorrência de possível furto de máquina agrícola

Informações preliminares dão conta de a PM está presente em uma ocorrência na Vila Santa Clara, em Dourado, onde uma máquina agrícola estaria abandonada nas proximidades  e que essa máquina seria objeto de furto na região. 

A Polícia Científica foi acionada e em breve teremos notícias oficiais e precisas.

Moradores reclamam da lotação dos ônibus em Ribeirão Bonito. De acordo com vereador, prefeito ainda não respondeu, conforme havia combinado com grupo que esteve em seu gabinete, com relação ao Transporte Escolar

A EPTV, afiliada da Rede Globo, pautou matéria sobre as condições precárias e de lotação do Transporte Público na cidade. No vídeo feito por uma moradora, que fez a reclamação a emissora,  mostra com detalhes  a realidade das condições do ônibus, com assentos rasgados e até mesmo a falta de um dos assentos. Uma mãe com criança no colo viajou em pé, pois a lotação não permitia que viajasse sentada. De acordo com a reportagem, a atual administração de Francisco José Campaner(PSDB) respondeu que irá colocar mais ônibus à disposição dos moradores e que a manutenção dosa ônibus é realizada periodicamente. Veja a matéria da EPTV na íntegra AQUI

        Transporte Escolar
O Blog do Ronco entrou em contato com o vereador Leandro Mascaro(DEM), o Galego para saber se o prefeito Francisco José Campaner(PSDB) havia, conforme o combinado, respondido ao grupo de moradores e vereadores que esteve reunido em seu gabinete, qual solução daria ao Transporte Escolar, uma vez que em comunicado afixado em uma escola na semana passada, o aviso era de que o transporte escolar não faria mais o circuito urbano, que só atenderia a zona rural. O parlamentar respondeu que até o presente momento não recebeu nenhuma informação por parte do Poder Executivo conforme o acordado:  " Ronco, não recebi absolutamente nada, nem por ofício e nem mesmo por telefone", disse Galego.

Nota do Ronco: Talvez uma das frases célebres de um dos maiores jornalistas que o país já teve, Ricardo Boechat, morto em trágico acidente aéreo, pode bem expressar a importância que a população exerce no dia a dia da política: 

“A rua é o nosso lugar quando nós queremos pressionar os governantes, que é ali que é jogado o jogo. Porque não é na eleição, não é no Parlamento, não é no Congresso, não é nos partidos… sabe porque não é? Porque aqui no Brasil eles se apropriaram disso tudo pra fazer o que interessa a eles! Eles próprios fecharam as portas pra população nesses espaços democráticos”.(Ricardo Boechat)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

ATENÇÃO!!! BIOMETRIA - OBRIGATÓRIO

Clique na Imagem para melhor resolução

Pedro Luiz Ronco fala de Ricardo Boechat

Há 45 anos no Grupo Bandeirantes, Ronco fala com tristeza do amigo Boechat

                                              Pedro Luiz Ronco
Há pouco conversei com Pedro Luiz Ronco que há 45 anos empresta seus serviços ao Grupo Bandeirantes. Ronco o quarto mais antigo da emissora disse que a tristeza se abateu no Edifício Radiantes, sede da Bandeirantes em São Paulo. Para o jornalista, Boechat era amigo de todos, desde o mais simples colaborador até o presidente Johnny Saad. "Tratava todos da mesma forma, cordial, brincalhão, extremamente profissional. Dificilmente a bandeirantes encontrará um âncora com a bagagem do Boechat", disse Ronco, que apresenta todas as manhãs, o programa "A Hora do Ronco" na Band FM.
Pedro Luiz Ronco - Johnny Saad - Pedro Sergio Ronco

Nota do Ronco: Imagino a tristeza do Presidente do Grupo Bandeirantes, Johnny Saad perder um colaborador do quilate do Boechat, e mais ainda, um amigo. Johnny, muito parecido com pai João Saad, não só na fisionomia, mas também na maneira de tratar as pessoas. Muito gentil, simpático e educado, Johnny com toda a certeza vai demorar  a assimilar essa perda. O Presidente do Grupo Bandeirantes, sabe muito bem que Boechat era a estrela da casa. Para muitos o mais importante jornalista do país.

Johnny Saad fala do convívio com Ricardo Boechat

João Carlos Saad - Johnny Saad

João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação, foi um dos primeiros a chegar ao velório do jornalista Ricardo Boechat  que acontece no MIS (Museu de Imagem e Som), em São Paulo, e lamentou a perda do apresentador.

"Temos que agradecer por ter convivido com ele, desfrutar desse tempo junto, e ver com que alegria ele fazia essa longa jornada, que era com começar cedinho na rádio e comandar o Jornal da Band no começo da noite", declarou o executivo.

Saad ainda aproveitou para enumerar as qualidades do âncora, conhecido por não ter medo de criticar os poderosos e sempre fazer de tudo para  levar as melhores informações ao público.

"Sempre com uma alma de repórter, buscando a informação, neurótico atrás da verdade, fuçando, sem se deixar iludir por luzes ou por qualquer  distração, e procurando saber o que realmente tinha acontecido. Tendo a coragem de enfrentar poderosos, governo e grandes conglomerados, e ao mesmo tempo, ter bom humor, ironia consigo próprio e com os seus parceiros", declarou.

"Acho que realmente foi um privilégio para todos nós ter podido conviver com Ricardo Boechat por todos esses anos", finalizou o presidente do Grupo Bandeirantes
Fonte: Grupo Bandeirantes

Projeto Fotográfico autoral: A beleza do envelhecimento.

Mercedes Lodete Mendonça
- Que o breve
seja de um longo pensar
- Que o longo
seja de um curto sentir
- Que tudo seja leve
de tal forma
que o tempo nunca leve.

(Alice Ruiz)
A beleza do envelhecimento.
Esta foto faz parte do acervo do meu projeto fotográfico autoral, sem fins lucrativos, a beleza do envelhecimento. A retratada desta semana é a senhora Mercedes Lodete Mendonça.
Natalia de Freitas Guerreiro Ferreira é fisioterapeuta e  estudante de fotografia.
 Siga #abelezadoenvelhecimento

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Empresa de Ribeirão Bonito encerra os trabalhos de aluguel de caçambas para recolhimento de entulho

Uma empresa de Ribeirão Bonito que aluga caçambas para o recolhimento de resíduos de construção civil(o chamado entulho), e que há anos vem prestando serviços na cidade, protocolou na câmara hoje, segunda(11) um ofício(protocolo 4446/19) às 10h12, no qual informa o encerramento dos serviços de coleta de entulho(resíduos de construção civil) na cidade.

O motivo alegado pela empresa, foi o de que a prefeitura não tem local apropriado para esse descarte, muito menos legalizado. Continuando no documento, diz que para evitar futuros transtornos, foi tomada essa decisão. Por final, no documento diz que caso a prefeitura se adeque às normas legais, poderá voltar com o serviço de coleta de entulho.
                  Descarte de resíduos de construção, pneus, latas e outros objetos

Ocorre que os vereadores Leandro Mascaro, Armando Simões e Valdinei de Oliveira, em ofício ao prefeito Francisco José Campaner, questionaram o fato do descarte de resíduos de construção civil na Rua Napoleão Artusi esquina com a Rua José Queiroz Juni

Em ofício(ao lado) o Chefe do Executivo respondeu aos três vereadores  que não houve qualquer tipo de autorização por parte do Poder Executivo para a realização do descarte de resíduos de construção civil no terreno localizado à Rua Napoleão Artusi esquina com Rua José Queiroz Junior, no bairro Morumbi II.
                                                                                                  
Resíduos de construção civil, pneus, latas, plásticos e outros objetos estavam sendo descartados no local citado. Moradores do bairro reclamaram por várias vezes. O Blog do Ronco produziu ao menos duas matérias sobre o assunto e o descarte continuou. Vereadores estiveram no local e mesmo assim não foi possível a uma solução do problema.

O Blog do Ronco oficiou o Ministério Público do problema juntando para tando, mais de 20 fotos do local. Registra-se que até então não houve por parte da prefeitura a fiscalização no referido endereço, o que deveria ter ocorrido, uma vez que há tempos que essa prática vem sendo realizada no mesmo local. Nas redes sociais, o assunto foi amplamente abordado. 

Dessa forma agora, com a única empresa que prestava esse tipo e serviço, há duas hipóteses - Ou a prefeitura indica um novo local devidamente de acordo com a Lei(tem uma Lei que específica o tipo de descarte e onde poderá ser descartado) e autoriza oficialmente a empresa a voltar com os trabalhos, ou então a prefeitura terá que arcar com os serviços por conta própria e descartar no local onde achar conveniente.
Fotos - Ronco