segunda-feira, 27 de março de 2017

SP-215 - Estrada da morte? Solução? Fiscalização!

CUIDADO, MOTORISTAS IMPRUDENTES: Estrada excelente, com boa pavimentação, bom acostamento, boa visibilidade, bem sinalizada, porém, muitos motoristas imprudentes. 
Na maioria das vezes, o acidente teve certa imprudência por parte de motoristas: Fechadas, ultrapassagens perigosas, velocidade acima da permitida. Muitos motoristas atenciosos e responsáveis, foram obrigados a desviar do perigo eminente e acabaram envolvidos em acidentes graves, sem culpa.

                                                      Sergio Ronco
O que pode parecer a primeira vista uma estrada tranquila, de pouco movimento e com pouquíssimas ocorrências de acidentes, se engana redondamente, com o perfil da SP-215, Rodovia Luiz Augusto de Oliveira. Falamos principalmente do trecho entre São Carlos e o Obelisco, divisa dos municípios de Dourado e Boa Esperança do Sul.
Mais um acidente na SP-215 - culpa de quem?


É uma estrada segura, com bom pavimento e com acostamento dos dois lados da pista e boa sinalização. Atualmente o DER - Departamento de Estrada e Rodagem, faz a manutenção dessa rodovia  periódica de forma elogiável. 


Então o por que de tantos acidentes e de tantas mortes? Aparentemente não há outro motivo senão a imprudência e a alta velocidade imprimida por certos motoristas que trafegam por ela. Essa rodovia ganhou melhorias em vários aspectos. Um local no passado de muitos acidentes, foi no antigo trevo de Ribeirão Bonito onde a passagem para quem deixava a cidade era em nível. Obrigatoriamente, o motorista cruzava a SP-215 atravessando a pista de rodagem. Muitas vidas se perderam, até que um novo trevo foi construído. A reforma do asfalto foi outro aspecto positivo, pois ficou por um longo período com o trecho apresentando buracos, depressões e pedras soltas por toda a estrada.
População adere à caminhada até o trevo da cidade para sensibilizar autoridades para o perigo do local, reivindicando a construção de um novo trevo, onde muitas vidas se perderam.

A fiscalização, responsabilidade da polícia rodoviária não é constante nesse trecho, talvez por falta de um efetivo maior e os condutores sabem muito bem desse detalhe. A Polícia Rodoviária é respeitada e faz um trabalho excepcional quando acionada. As ultrapassagens muitas vezes chegam a assustar de tanta falta de responsabilidade dos imprudentes. A realidade é que a SP-215, no trecho citado está sendo palco de verdadeiras tragédias. Algo tem que ser feito e que merece a atenção das autoridades competentes.

Há 40 anos que percorro esse trecho, e infelizmente já vi manobras de assustar e arrepiar. Inúmeras matérias sobre acidentes foram registradas pelo Blog do Ronco. A solução na minha opinião? Fiscalização!!!
Fotos: Arquivo do Ronco de acidentes na SP-215. Alguns se envolveram após desviar da imprudência de outros condutores.

Um comentário:

Hélio de Faria Merheb Jr disse...

Sofri na pele quando há pouco mais de um ano um motorista alcoolizado entrou na contra mão, no trevo de acesso de RB para São Carlos. Ele simplesmente, vindo de São Carlos entrou à esquerda e colidimos de frente, eu fazendo a curva para acessar a saída pra s.carlos. bom que estava devagar, porém o estrago foi de 20 mil reais pra seguradora
O sujeito evaporou-se.