quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Economia atinge setor da Educação em Ribeirão Bonito

Corte nas despesas

No caminho a ser seguido e divulgado pelo prefeito de Ribeirão Bonito Chiquinho Campaner(PSDB) em realizar uma economia da ordem de 35% em despesas, a guilhotina degoladora agora atingiu o setor da Educação, já que na Saúde o corte não foi pequeno.

Bolsa Faculdade e Auxílio Transporte
Recentemente o chefe do Executivo havia encaminhado à Câmara dois Projetos de Lei solicitando aos vereadores a revogação total do Bolsa Faculdade que contempla 20 bolsistas e do Auxílio Transportes para alunos que estudam fora da cidade.

Sabe-se que essa atitude do prefeito acabou gerando um tremendo desconforto por parte de auxiliares próximos e até mesmo de alguns vereadores que se dirigiram ao gabinete do prefeito para uma conversa. Após essa reunião, Chiquinho prometeu estudar o problema e até mesmo poderá ao invés de cortar integralmente os valores custeados aos bolsistas e o auxílio transporte, sugerir a redução nos valores. Não há ainda uma definição do assunto. Por enquanto, o projeto inicial de corte integral continua na câmara.

Transporte Escolar
Uma outra situação diz respeito ao transporte escolar dos alunos de Ribeirão Bonito. A informação é que a prioridade para o transporte será dos alunos moradores na zona rural. No trajeto de volta de cada ônibus que passou pela zona rural, o itinerário na área urbana acabe contemplando os alunos que moram na cidade. Se o número de ônibus não for suficiente, aí sim os alunos da cidade ficarão sem o transporte, porém não é essa a expectativa do governo, uma vez que vários ônibus que estavam parados por falta de manutenção serão recolocados em serviço.

Apostilas
Em comum acordo com diretores e professores, o prefeito Campaner  descontinuou o uso do sistema de apostilado que gerava um custo alto ao município e passou para livros didáticos.

Merenda Escolar
A merenda escolar também foi atingida, não fazendo mais parte das refeições diárias, certos pratos oferecidos aos alunos. De acordo com informação, a nutricionista com o apoio das merendeiras, realizaram um novo cardápio sem mexer na qualidade dos alimentos. No passado eram servidos café, almoço e reforço à tarde. Hoje serão servidos um café da manhã reforçado e um lanche à tarde. De acordo com o prefeito Campaner, os alimentos servidos serão o suficiente para que as crianças passem muito bem alimentadas no período escolar.

Uniformes
A prefeitura não irá mais custear uniformes aos alunos. Segundo foi apurado, não haverá problemas pois existia uma preocupação para aqueles alunos que não estavam com seus uniformes e eram proibidos de ingressar na escola. Dessa forma, a prefeitura economizará e os alunos não terão mais problemas de frequência em função da falta do uniforme.

Com informações do setor de comunicação da prefeitura.

Um comentário:

Leonardo Pavanelli disse...

Bolsa faculdade são 8 que atingiram os requisitos,nem a metade estão querendo pagar mais ... vergonha !