terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Mobilização de moradores contrários a paralisação do transporte escolar surte efeito na câmara

                              Sessão de câmara com a presença de mais de 100 pessoas

A mobilização contrária ao comunicado emitido pela prefeitura de Ribeirão Bonito da paralisação do transporte escolar na zona urbana surtiu efeito na sessão de câmara desta segunda(4). Por unanimidade dos vereadores, foi dado o total apoio a continuidade do transporte aos  estudantes. O prefeito Chiquinho Campaner(PSDB) recebeu críticas pesadas de alguns vereadores
                  Roberto Marangoni falou aos presentes nem ato pacífico

Roberto Marangoni, antes do inicio da sessão, falou às mais de 100 pessoas que ali estavam, da mobilização pacífica e da cobrança que farão ao chefe do Executivo para que o transporte escolar volte a circular sem ônus para os alunos.
          A moradora Priscila foi quem tomou a iniciativa da convocação de reunião

Na câmara o clima foi tenso, porém o Presidente  João Victor Borges permitiu perguntas e questionamentos dos moradores presentes, mostrando  boa vontade em ouvir os presentes.  
                                            Presidente João Victor Borges

Ao final a moradora Priscila sugeriu a formação de uma comissão de moradores para conversar com o prefeito na presença dos 9 vereadores. Os parlamentares aceitaram a proposta e possivelmente ainda esta semana, marcarão a conversa com o prefeito Campaner.

A matéria na íntegra em nova postagem

2 comentários:

sonia borges disse...

Fiquei muito emocionada de estar presente, como professora, apoiando os pais numa questão tão delicada. Vemos o quão importante é para os pais que trabalham. Agradecemos a todos os vereados que se mostraram a favor do projeto da continuidade, agora dependemos da sensibilidade do Poder Executivo que tem 4 milhões em caixa para gastar em Educação, fazer algo. Parabéns aos organizadores, ao povo presente e a você Ronco, como único meio de comunicação Independente presente, registrando o fato.

Anônimo disse...

O nome da moradora é Priscila.