sábado, 13 de fevereiro de 2016

O sonho e a realidade, Vila Santa Clara, um verdadeiro paraíso

Vila Santa Clara em Dourado-SP

Sergio Ronco
Morar em local de pouco movimento, arborizado, em contato com a natureza, acordar com o canto dos pássaros, tendo amigos como vizinhos, não é sonho é realidade.

A 280 km da maior cidade do país, fica localizada a cidade de Dourado, centro geográfico do Estado de São Paulo. A menos de 10 quilômetros do centro do município, está a Vila Santa Clara que no passado serviu o ramal da Ferrovia Douradense, aberto em 1903. O lugarejo não tem mais que vinte casas e com o tempo foram vendidas e reformadas pelos atuais proprietários. Entre eles, empresários, executivos, médicos e profissionais liberais. Alguns mantém residência como a alternativa de casa de campo.

Finais de semana não é difícil saber onde vai ser a reunião dos amigos, é só abrir a janela e verificar de onde vem a fumaça da churrasqueira.
  
Paulo Henrique Haehling, filho de agricultor, é morador da Vila, onde além de sua residência possui uma área de 10 alqueires onde plantou 7 mil pés de café catuai consociado com coco anão. De acordo com Paulo, que fará a primeira colheita do jovem café, é fornecer o produto ao irmão Eduardo que deverá beneficiar o café em coco, embalando em sua marca Santana. Quanto à produção de coco, pensa em extrair a água e comercializá-la.
 Paulo aprecia a carga do café que terá a primeira colheita manual este ano

“Quero chegar aos 30 mil pés de café da mesma espécie, quantidade essa que eu mesmo posso cuidar”, disse Paulo Henrique, que faz questão de frisar que toda a operação de manutenção da lavoura fica por sua conta. A tradição familiar tem raízes na agricultura, e o aprendizado veio através do pai, Paul Heinz von Haehling.
 Paulo Henrique satisfeito com a cultura do café que ele mesmo cuida

Além do gosto pela agricultura, Paulo que já foi proprietário de famosa pizzaria na cidade de São Carlos, não descarta a possibilidade de no futuro construir pequeno e caseiro restaurante na Vila. “Gosto de cozinhar e sempre que posso, preparo algo diferente em casa e convido os amigos”, completou.

A verdade é que ao passar pela Vila Santa Clara, difícil não se apaixonar pelo local. A valorização dos imóveis veio com a procura e a pouca oferta.

Recentemente a prefeitura de Dourado direcionou uma máquina para a manutenção da estrada que liga a cidade à Vila e que por conta das fortes chuvas, estava prejudicada. O pedido foi feito ao prefeito e prontamente atendido.

Fotos: Ronco

Um comentário:

Enzo Barberio Mariano disse...

Parabéns Paulo Henrique, nascemos na roça, você sabe tudo de agricultura, seu pai era gênio nesta área. Parabéns forte abraço
Walter Mariano